05 março 2014

Resenha: Sereia




Autora: Tricia Rayburn
Editora: Verus
Número de páginas: 306
Ano: 2011
Avaliação: ☆☆☆
Sinopse: Vanessa Sands, de 17 anos, tem medo de tudo – do escuro, de altura, do mar –, mas sua destemida irmã mais velha, Justine, está sempre por perto para guiá-la a cada desafio. Até que Justine vai mergulhar num precipício uma noite, perto da casa de veraneio da família em Winter Harbor, e seu corpo sem vida aparece na praia no dia seguinte. Os pais de Vanessa tentam superar a tragédia retornando à vida cotidiana em Boston, mas ela sente que a morte da irmã não foi acidental. Depois de descobrir que Justine estava escondendo diversos segredos, Vanessa volta para Winter Harbor, esperando que Caleb, o namorado de sua irmã, possa esclarecer algumas coisas, mas o garoto está desaparecido. Logo, não é apenas Vanessa que está com medo. Winter Harbor inteira fica em alvoroço quando outro corpo aparece na praia, e o pânico se instala à medida que a pequena cidade se torna palco de uma série de acidentes fatais relacionados com a água, em que as vítimas são encontradas sorrindo horrivelmente de orelha a orelha. Vanessa e Simon, irmão mais velho de Caleb, unem forças para investigar os estranhos acontecimentos e, no caminho, a amizade de infância se transforma em algo mais. Conforme eles vão encontrando ligações entre a morte de Justine e a súbita erupção de afogamentos assustadores na cidade, Vanessa descobre um segredo que ameaça seu romance com Simon – e que vai mudar sua vida para sempre.

A personagem principal Vanessa tem 17, é tímida e sempre está na barra da irmã mais velha Justina, a irmã corajosa e popular (do ponto de vista de Vanessa).
Justine era muito aventureira e acaba mergulhando no precipício e perto da casa de veraneio da sua família que fica na cidade de  Winter Harbor. Seu corpo sem vida é encontrado no dia seguinte e sua família fica devastada com a noticia, a família volta para Boston tentando retomar a vida e Vanessa tem certeza que a morte da irmã não foi acidente.  

Caleb o namorado da irmã de Vanessa está desaparecido e ela tenta desesperadamente encontra-lo para tentar desvendar esse mistério todo, e o irmão dele Simon acaba ajudando nessa empreitada toda. 
Só que as mortes vão aumentando em Winter Harbor e o fato é que os corpos vão sendo encontrados com um sorriso medonho no rosto e a cidade fica em pânico como fato. 

Vanessa acaba fazendo descobertas sobre a cidade, sobre si mesma e o que aconteceu afinal de contas com sua irmã e se a morte dela está ligada diretamente também as outras mortes apesar de não terem o mesmo padrão.
O romance do livro é bem fofo, mas não é lá essas coisas, agora achei interessante o lance de como as sereias são colocadas nesse livro: assassinas frias que fazem tudo em beneficio próprio. 

Porém achei que faltou algo no livro, não me envolvi tanto com a história, mas queria acabar logo apenas para desvendar o mistério, não que o livro estivessem incrível sabe?
Achei o vilão, ou melhor dizendo ..a vilã do livro um pouco fraquinha, apesar de ter um plano grande e poderoso para tomar conta das "coisas", por assim dizer.

Eu só não entendo como os pais da Vanessa que acabaram de perder uma filha deixam a outra viajar para uma cidade mega longe deles, sem contar que eles nem conhecem as próprias filhas direito. Sem lá achei relapso da parte deles, mas enfim a história tinha que seguir não é?
Vanessa faz amigos novos nesse livro, conhece um mundo totalmente novo que ela não imaginaria o quanto está ligado a todos os fatos como um todo. 

15 comentários

  1. Ihh que resenha legal... Eu ja tinha visto esta capa pelo skoob, mas nunca me interessei em ler nem a sinopse. bom... gostei da resenha. Não me deu tanta vontade de ler ESSE, mas eu nunca li nenhum livro com sereias (a não ser o Harry Potter, mas esse nem conta) você conhece algum para me indicar? *o*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, poseidon da novo conceito. eu gostei. é bem legal.

      Excluir
  2. Acho que essa coisa com pais super-protetores que são especialistas nos filhos é coisa de brasileiro Aline. Observo que outros povos não são assim tão ligados as crias como nós. O livro de cara não me interessou sabe, porque sou aquele tipo de fã de sereia que lia "A pequena Sereia" quando criança [não a versão Disney, a versão Andersen] e morria de chorar. Mas no fim me parece que a história vale a pena para quem quer se distrair com um suspense e romancezinho no fim de tarde depois de ter enfrentado uma leitura mais pesada.

    Cheros, Jaci.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahsushuhushu verdade, só a gente mesmo que é ligado nas nossas crias.

      Excluir
  3. Oie!
    Faz tempoo que eu li este livro e curti bastante. Estou louca para ler os próximos.

    Beijos*

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Gostei da resenha e achei bem esclarecedora. Quando vi esse livro pela primeira vez fiquei curiosa pra ler, em boa parte em função da capa. Só que o resumo não me conquistou, então nem comecei. Mas pelo que você colocou na resenha, apesar de a história ter alguns furos, é uma boa distração. Talvez eu procure ele de novo. :)
    Parabéns pelo blog, achei ele muito fofo! Também adorei o nome (é uma referência à Alice no País das Maravilhas, neh?! Um dos meus livros preferidos ^^). Vou seguir pra acompanhar suas próximas postagens.
    Beijos,
    Niki,
    http://www.meigaemalefica.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim é uma referencia sim :) opa obrigada por seguir de verdade, vou dar uma olhada lá no seu blog.

      Excluir
  5. Eu li a sinopse e fiquei super interessada, até porque eu adoro livros com sereias.. e gosto de livros que sejam um pouco.. como hei de dizer..escuros.
    Pelo que você colocou na resenha..eu fiquei assim um pouco morta xD A história parece ter alguns furos.

    Kissus~BYE(ฅ•ω•ฅ)BYE
    sukone-world.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu já tinha ouvido falar desse livro e tinha achado interessante.. O mar parece sempre ter algo de encantador, e aí a gente vê ainda mais mistérios.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Não faz muito meu estilo de livro!
    Mesmo assim, fiquei com curiosidade, pois nunca pensei em um romance, achava que era algo diferente!
    Vou add na lista
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  8. Assim como vc Sereias me chamam atenção, mas devo confessar que esse livro em especial não me chama atenção, apesar de na resenha vc falar que as sereias são assassinas frias e fazem tudo por benefício próprio e isso ter feito meus olhinhos brilharem, não sei sei se leria, pelo menos não agora.
    Beijos
    Brubs

    ResponderExcluir
  9. Eu comecei a ficar interessada nesse livro depois que li a sinopse um dia desses e fiquei curiosa sobre esse lance das sereias serem más (o que não é lá muito convencional - não sempre rs). Esse ano eu li o primeiro da Trilogia Poseidon e acho que se rolar eu talvez leia esse.

    Abraços,
    Tamara Costa
    http://www.doseliteraria.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e vc gostou de poseidon? eu amei esse livro :)

      Excluir
    2. Gostei sim, tô doida pra ler o dois :)

      Excluir
  10. Hey, acho que é a primeira resenha que leio desse livro, admito que nunca tive vontade de ler, até pq não sou tão ligada em sereias e a resenha me fez continuar não querendo, embora a questão dos assassinatos tenha parecido interessante até :P
    Bjs

    P.S: Li no outro post que tu foi assaltada, ngm merece =/ , mas pelo menos estás bem, sem pressa para enviar os meus livros viu! Bjs

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!