13 fevereiro 2018

Resenha: Marca da Destruição - Marked


Autora: Sylvia Day
Editora: Faro Editorial
Número de Páginas: 336
Ano: 2016
Avaliação:  ☆☆☆☆☆
Sinopse: Após receber a Marca e se tornar uma caçadora de demônios, Eva e Caim se apaixonam e começam a experimentar a transição do desejo insaciável para algo mais profundo. Isso ocorre em meio a inúmeros desafios para se tornar uma Marcada de primeiro nível.
Quando sua classe de treinamento sai em campo, descobrem que estão sob grande perigo: há um demônio infiltrado entre eles, matando colegas de Eva, um a um.
Para tornar a situação ainda mais complicada, o corpo de Eva está se adaptando à Marca, gerando uma incontrolável sede por sangue e outras tentações, que começam a arrastá-la para uma via de luxúria sem limites.
Com Caim em outra missão, o desejo de Eva explode imediatamente por seu irmão. E parece que não há nada que Abel deseje mais neste momento…
“Quando vimos pela última vez,Eva, a nova marcada, estava entre a vida e a morte, mas felizmente Sylvia Day a traz de volta para a batalha. Esta série trabalha com mitos complexos, gregos e bíblicos, colocando os lendários irmãos Caim e Abel numa nova disputa. Durante todo o volume você encontra muita ação. Day tem um verdadeiro dom para a fantasia urbana!”

Nesse segundo livro da série Marked, as coisas começam a ficar ainda mais complicadas na vida de Eva depois dos acontecimentos do livro anterior. A jovem marcada precisa passar pelo treinamento para ser uma boa caçadora de demônios, mesmo depois de toda a sua experiência em campo ela ainda precisa ser treinada adequadamente.
Então Eva irá passar por um treinamento intensivo com Raguel, o arcanjo. Cada arcanjo pode usar seus poderes apenas por uma semana ao ano, então durante essa semana Raguel está com toda a sua força e a usará para treinar um novo grupo de marcados.

Enquanto Eva treina, Caim está em uma missão. Isso o deixa completamente inquieto, afinal seu irmão Abel estará disponível para Eva enquanto ele está caçando um lobisomem. Caim confia em Eva, ele sabe que o amor entre eles é enorme, mas não confia em deixar sua amada nas mãos do irmão. Sem contar que por mais que Eva tente esconder, ela sente uma atração sexual muito grande por Abel.
Se adicionar essa atração ao fato de Eva ter um grande apetite sexual devido a marca, ela ficar perto de Abel nesse momento pode ser algo completamente fatal. 

Eva não quer essa vida de caçadora de demônios, mas por incrível que pareça ela é muito boa no que faz e isso começa a assustá-la. 
No decorrer do treinamento ela terá de aprender a lidar com a inveja dos outros marcados em relação a sua situação com Caim, fora isso ela também precisa manter-se segura, pois um prêmio foi colocado por sua cabeça.

Quando algo dá errado no treinamento, Eva sabe que precisa desconfiar de todos os presentes, mas outro marcado seria capaz de cometer essa atrocidade? O clima vai ficando mais tenso e Caim começa a ficar muito preocupado com a segurança da namorada, mas ele não pode sair de onde está até que sua missão seja terminada. Como alguém seria capaz de cometer assassinato em um campo de treinamento com um arcanjo presente?

O livro é cheio de cenas de luta e diversos obstáculos. Eva precisa ser forte, astuta e muito rápida se quiser sobreviver. 
Essa leitura foi muito melhor que a anterior, pois o leitor já está mais ambientado ao universo criado pela autora. Tem muito mais cenas de ação e cada vez mais mistérios vão surgindo para colocar não apenas Eva em uma posição complicada, como também os irmãos.
Vale lembrar que também é possível encontrar cenas de sexo no decorrer da leitura.

Gostei muito do rumo que esse livro tomou e espero que Eva consiga superar os obstáculos que estão surgindo à sua frente, porque não está sendo nada fácil quando algumas "criaturas mortas" estão vindo novamente para acertar as contas. 
A capa do livro segue o estilo do anterior, não achei qualquer erro na leitura e já comecei a ler o próximo livro de tão ansiosa que eu estava para saber a continuação.
Asas negras e brancas, poderosos corpos masculinos, bestas ferozes... Eva ficou hipnotizada pela visão. O eterno conflito entre anjos e demônios.

2 comentários

  1. Tenho pouco contato com as letras da autora,mas ando tentando acompanhar esta série para ver se mudo um pouco meu conceito sobre ela.
    Gosto muito do gênero. Isso de fantasia, demônios, caçadores e claro, aquela pitada generosa de romance sempre rendem um bom enredo.
    Espero poder conferir os livros.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Acho a ideia dessa história interessante mas confesso que o fato do primeiro livro ter a menção de um triângulo me desanimou um pouco e nem comecei a ler ainda. Mas a resenha desse segundo tá bem interessante, a história parece ter tomado um rumo muito bom e estar mais sólida, com ação e romance na medida certa e assim vou pensar se começo ela esse ano ;)

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!