29 outubro 2012

Promoção ~~ O livro que eu quiser.



Resolvi antecipar a promoção porque hoje é dia 29, dia nacional do livro :)

28 outubro 2012

Resenha: Conto dos Irmãos Grimm




Autora: Dr. Clarissa Pinkola Estés
Editora: Rocco
Número de páginas: 316
Ano: 2005
Avaliação☆☆☆
Sinopse: Contos dos Irmãos Grimm reúne histórias especialmente escolhidas e prefaciadas por Clarissa Pinkola Estés, e ilustrações do artista vitoriano Arthur Rackham, principal responsável pela concepção visual dos contos de fadas, tal como a conhecemos hoje. Esta combinação de talentos, junto com a seleção meticulosa, que inclui contos muito conhecidos pelo público brasileiro, como "Branca de Neve" e "Rapunzel", e histórias menos disseminadas como "As Três Línguas" e "A Árvore Narigueira", fazem deste Contos dos Irmãos Grimm uma edição em tudo especial.

Todos nós conhecemos vários contos quando estamos passando pela infância.  Afinal quem nunca ouviu falar de Branca de Neve? Ou a Rapunzel? Pois é, todos foram parte da nossa infância, mesmo que por um breve momento. Onde nós nos sentávamos em frente a tv para assistir algum clássico da Disney ou ouvir algum história de ninar de algum parente.

Eu (particularmente) conheci os contos infantis aos 5 anos de idade aonde já sabia ler e escrever. Tive todos os livros de uma coleção da Disney com todas as suas histórias, lia todos os dias e duas das minhas preferidas eram: Cinderela e Alice no país das maravilhas.
Quando dei de cara com esse livro pensei logo de imediato que necessitava dele, afinal eram contos infantis! Algum deles eu já havia lido a vida toda, porém não de outra "forma", não imaginava que a versão dos irmãos seria tão "chocante" e ao mesmo tempo cansativa.

Existem muitos contos nesse livro, cada um de uma forma que você nunca imaginou que seria. Achei bem legal, cada conto teu seu capítulo e possui algumas ilustrações.
Em alguns deles eu sorri, me aborreci e fiquei entendiada, foram poucos (poucos mesmo) que eu gostei. Pensei que teria mais ação (na minha humilde opinião claro) o livro é bom, mas poderia ter sido melhor.

Claro que eu não posso mudar as copilações feitas pelos irmãos Grimm, mas algumas de fato fora tão entendiantes que eu gostaria de ter pulado para o próximo conto, mas eu não fiz isso.
Li todos, analisei todos e sem sombra de duvida o meu preferido foi o conto da Branca de neve.
Eu não posso dizer que foram mal escritos, pois não foram, porém eu achei que faltou alguma coisa, algo que me deixasse mais "presa" ao livro. Me peguei em alguns momentos desesperada para acabar a leitura, porém o livro não é de todo ruim. 

25 outubro 2012

Li até a página 100 #03


 

Criado pelo blog Eu leio, eu conto, Li até a página 100..., consiste em dizer o que achamos da nossa leitura atual até a centésima página . O livro que estou lendo no momento é: Línguas de fogo.





Primeira frase da página 100: 

Seu cabelo se soltou do cordão que o amarrava e se despenteou, seu corpo estava quase tão leve quanto o ar.

Do que se trata o livro?

De uma pequena garota chamada Aisling, das coisas que ela passa com seu amigo Dharon que está gravemente ferido e precisa ir urgentemente buscar a cura. Mistérios e perigos, amizade, e coisas que estão além da compreensão (até então) da nossa pequena heroína.  

O que está achando até agora?

Muito bom, a leitura flui legal, rápida e bem fácil de entender.

O que está achando dos protagonistas?

Acho a Aisling muito ingênua, fico com pena dela porque eu acho que ela não estava preparada para o mundo, ela é tão legal, tão confiante, corajosa, mas muito boa e acredita nas pessoas, fiquei com raiva quando a...  fizeram isso com ela e ...(sem spoiler porque sou malvada).
Dharon é forte e corajoso, mas um pouco cabeça dura quando se deparou com o Bardo (quem leu entendeu) acho que ele estava querendo jogar o "futuro" dele fora indo para longe da vila, mas é um bom rapaz.
A avó da menina é um pequeno mistério, estou ansiosa para o final do livro, vai que eu descubro mais coisas *--*.

Melhor quote até agora:

- Mas como vamos embarcar?
- Bom, Aisling..- ele a soltou e a encarou com um olhar pacificador. - Esta é a parte em que você confia em mim. 

Vai continuar lendo?

Com certeza, como disse estou muito ansiosa para o final, só teve uma coisa que me incomodou um pouco.. achei um erro de digitação. O nome da personagem está escrito errado (falta uma letra, na página 32). Eu até bati uma foto para mostrar, ponho na resenha. Mas isso não me atrapalhou em nada. Porém eu acho que precisa ser avisado para  a Karen caso saia uma outra tiragem ou sei lá, o erro seja corrigido :) , mas como disse o erro não atrapalha em nada. 

Última frase da página:

- Estamos indo para um local secreto - respondeu Desmond.
- É o único lugar seguro que existe, nestes tempos difíceis: (essa outra metade ficou na 101 mas resolvi colocar para não ficar estranho) para a base da Resistência de Hynneldor. 


ATÉ MAIS coelhinhos


Tumblr_mbikxbwrf41rhn7edo1_500_large

23 outubro 2012

Resenha: A lua de Yakuza

A Lua de Yakuza

Autora: Shoko Tendo
Editora: Escala
Número de páginas: 246
Ano: 2010
Avaliação☆☆
Sinopse: Aos 15 anos, ela fazia parte de uma gangue. Até os 18 foi viciada em drogas. Aos 20, colecionava uma série de relacionamentos abusivos e violentes com homens... A Lua de Yakuza relata a luta bem-sucedida de uma jovem mulher para escapar do ostracismo e do abuso, e uma rara oportunidade de entrar no hermético mundo da yakuza e, o melhor, a partir de um ponto de vista privilegiado. Conheça as devastadoras memórias de Shoko Tendo.

Quando comprei esse livro eu me deixei levar pela informação na capa: Surpreendentes revelações da filha de um Gângster. Me deparo com a Shoko Tendo, (a escritora e personagem principal do livro) contando sua vida e como era ser a filha de um mafioso, um cara que pertencia (na época) a uma das maiores máfias, a Yakuza.

Eu pensei que no livro eu saberia como seria a organização da Yakuza por dentro, coisas que eles passam, e por ai vai, mas não foi bem isso.
Foi uma completa decepção. 
Fiquei sabendo da vida dela, de como ela sobreviveu sendo a adolescente problema, de como suas escolhas foram erradas, as amizades, as drogas, os abusos e surras que sofria dos seus namorados.
Ela teve uma vida bem conturbada. Mas, cade as relevações surpreendentes? 
Todos que leram o livro reclamaram disso. Porque o leitor é levado a acreditar que vão falar dela e da organização da Yakuza, quando de fato só é mencionado ela no livro. Vez ou outra alguém da Yakuza, mas nenhum revelação ou coisa do tipo.

O livro não é mal escrito, mas não é perfeito. Sofri em algumas partes lutando sem muito sucesso para achar algo bom no livro, mas não consegui gostar de muita coisa.
No mesmo tem algumas fotos dela, da tatuagem dela (membros da Yakuza tem uma tatuagem enorme).

Bom, basicamente é a história de vida dela, falando da Yakuza por alto, sobre membros que ela se relacionou e por ai vai.
O livro não foi bom para mim, mas não foi de todo ruim apesar de ter sido uma leitura um pouco chata. Então considero ele regular na medida do possível!

22 outubro 2012

Li até a página 100 #02

 


Criado pelo blog Eu leio, eu conto, Li até a página 100..., consiste em dizer o que achamos da nossa leitura atual até a centésima página . O livro que estou lendo no momento é: Diários do vampiro - O despertar. Essa edição é a vira- vira, então vai ser a "parte um", uando eu estiver lendo o segundo livro eu ponho aqui também (apesar de já ter lido os 3 primeiros (sim estou relendo).

ESSA É A SEGUNDA POSTAGEM DO DIA. Querem ver a anterior? Clique aqui. É da categoria diário de fotos.
 

19 outubro 2012

Resenha: Toda Sua


Autora: Sylvia Day
Editora: Paralela
Número de páginas: 280
Ano: 2012
Avaliação:  ☆☆☆☆☆

Sinopse: Eva Tramell tem 24 anos e acaba de conseguir um emprego em uma das maiores agências de publicidade dos Estados Unidos. Tudo parece correr de acordo com o plano, até que ela conhece o jovem bilionário Gideon Cross, o homem mais sexy que ela — e provavelmente qualquer outra pessoa — já viu. Gideon imediatamente se interessa por Eva, que faz tudo o que pode para resistir à tentação. Mas ele é lindo, forte, rico, bem-sucedido, poderoso e sempre consegue o que quer — e é claro que Eva acaba se entregando.
Uma relação intensa começa. O sexo é incrível. Capaz de levar os dois a extremos a que jamais tinham chegado. E, então, eles se apaixonam — o que pode ser tanto a chave para um futuro feliz quanto a faísca que trará de volta os traumas do passado.


Eva acabou de conseguir um ótimo emprego em uma das maiores agências de publicidade dos EUA e quando ela acha que nada vai sair dos trilhos, eis que ela conhece Gideon Cross, um homem rico e sexy que imediatamente se interessa por ela assim que seus olhos a vêem pela primeira vez.

Gideon está acostumado a ter tudo que quiser e começa a seguir os passos de Eva, pois está decidido a tê-la para si, mas as coisa não vão ser como Gideon espera. Afinal, Eva tem um histórico horrível com relacionamentos e está tentando resistir a tentação que é Gideon.

Nesse livro também conhecemos Cary, seu melhor amigo que também mora com ela. Ele além de lindo conseguiu arrumar um emprego como modelo. Cary e Eva tem um histórico juntos quando isso envolve relacionamentos destrutivos e regado a sexo, mas os dois tentam acima de tudo superar isso a cada dia. Inclusive foi por causa disso que se conheceram, frequentando o mesmo terapeuta.

O livro é intenso, cheio de cenas de sexo e a química entre Gideon e Eva chega a ser explosiva, mas os dois sofrem de vários problemas do passado e os traumas são bem profundos. 
Apesar de não ter gostado da atração instantânea entre os dois, o romance funciona muito bem e podemos ver duas pessoas lutando contra seus demônios internos.

O livro faz parte de uma série e serve como um ótimo começo. 
Para os leitores que não gostam de livros com cenas de sexo com palavrões e tudo mais, não recomendo que leia esse, pois o linguajar pode ser pesado para os mais puritanos, mas de qualquer forma não me incomodou em nada.

Não me recordo de ter achado qualquer erro na leitura e a capa com certeza está muito bonita.

11 outubro 2012

Li até a página 100 #01







 


Criado pelo blog Eu leio, eu conto, Li até a página 100..., consiste em dizer o que achamos da nossa leitura atual até a centésima página . O livro que estou lendo no momento é: Toda Sua , publicado pela editora Paralela. 
Espero que gostem dessa categoria do blog, da para ter uma noção (ou não- risos) do que estou lendo!


08 outubro 2012

Um pouco sobre os meus vicios e do que/quem sou "fã"

Tumblr_mbh7ycvzew1rd13gyo1_500_large 


Bom dia coelhinhos zumbis :) Hoje eu venho trazer um pouco sobre os meus vicios e de quem ou o que eu sou fã, espero saber os vicios de vocês e de quem ou o que vocês são fãs.


Um pequeno aviso: Eu estou postando hoje mais cedo do que o habitual ( costumo postar às 09 horas da manhã) porque eu terminei essa postagem hoje e também porque eu preciso ir ao correio, quando chegar farei as tarefas domésticas, comentarei nos blogs e virei moderar os comentários dessa postagem.
Ontem eu dei uma sumidinha porque eu comecei a ter sintomas de uma gripe e passei a madrugada toda acordada, mas estou um pouco melhor porque meu marido me medicou logo pela manhã, por isso estou adiantando tudo aqui no blog para não me atrapalhar.

06 outubro 2012

Resenha: Sereias - O segredo das águas




Autora: Mirella Ferraz
Editora: Novo Século
Número de páginas: 240
Ano: 2012
Avaliação☆☆☆☆☆

Sinopse: “E então aconteceu... a mágica chegou... e não existiam pernas e pés ali, mas sim um manto de escamas com mil tons de anil, verde e dourado. Uma cauda de peixe... uma cauda de sereia!” Neste romance encantador, urdido a sal e água, é narrada a emocionante história de Coral, uma garota de aparência exótica, que nasceu envolta em mistérios sobrenaturais e com um estranho fascínio pela água. Poderá ela, com a ajuda do apaixonado Marcelo, desvendar todos os enigmas que cercam a sua vida? Conseguirá sua mãe, Marina, afastá-la de um destino que, para ela, parece apavorante, mas que constantemente se revela inexorável? Qual preço você estaria disposto a pagar para ajudar seu grande amor? Com uma narrativa dinâmica e empolgante, o leitor viajará pelo mundo de uma das mais fascinantes figuras lendárias, e presentes, de todos os tempos: a sereia. E verá que, muitas vezes, as lendas são mais reais e estão bem mais próximas de nós do que imaginamos. Venha desvendar o que se esconde nos mares... “Fiquem então em silêncio e apurem seus ouvidos, porque podem ser agraciados com um canto vindo das ondas... por um canto de sereia...”.


Quando comecei a ler o livro fiquei encantada com o poder de descrição da autora, ela me fez realmente sentir as coisas descritas no livro, a personagem principal Coral, nossa eu fiquei pensando em palavras para descreve-la, mas infelizmente não consegui. O livro todo tem pequenas descrições da sua personalidade e de como ela é incrível  me percebi com traços da Coral e isso me fez criar um afeto incrível com a personagem.

O livro é narrado por Marcelo, o jovem que chega na pequena cidade e se apaixona de imediato pela pequena e indescritível Coral.
No começo eu fiquei pensativa em relação a gravidez da mãe de Coral, Marina. Ela era infértil e acaba engravidando em uma noite quando ela e o marido estão em uma cidade turística para passar "uma segunda lua de mel", pois Marina se sentia muito triste na época do dia das mães.

Então me deparei com sensações no livro que eu não esperava sentir. Juro que senti medo da mulher que eles encontraram a beira da praia, não porque ela transmitisse algo ruim, mas pelo modo como foi descrita. Ela me pareceu um ser tão incrível,tão simples e mitológico ao mesmo tempo que eu poderia jurar que ela ela não era humana, apesar de que naquele momento ela se aparentava como tal.
O livro desde o começo me fez pegar meus postit coloridos e ir colando nas partes disponíveis e fazendo comentários sobre os trechos que gostei. Confesso que não marquei muito porque teria de marcar quase o livro todo -risos. Mas marquei uma quantidade considerável de trechos.

E quando  no livro a Marina soube que estava gravida praticamente não estava acreditando, mas depois de confirmar (muito) ela contou ao marido e assim iniciou a vida de Coral (e a minha vida em seu pequeno mundo), quando Marcelo estava narrando isso pude sentir a dor dele, como se estivesse com saudades e acho que eu entendo ele, porque agora escrevendo a resenha até eu estou com saudades dela.

A personalidade marcante de Coral no decorrer do livro é incrível  eu e ela partilhamos dos mesmos   pensamentos e convicções, o que me fez praticamente rapta-la para mim, não digo isso porque tenho parceria com a autora, mas porque o personagem além de parecer muito comigo, me cativou de uma forma impressionante.
Senti raiva da mãe da Coral no decorrer do livro, tive vontade de mata-la algumas vezes. Porque devido aos sonhos que ela estava tendo (que a assustavam muito por sinal) ela queria afastar Coral do mar e de coisas relacionadas a ele. Eu até entendo o medo de perder a filha, mas ela estava ficando possessa demais.

Coral era tão ligada a água que sempre que podia se molhava e isso a acalmava, a curava das doenças.
Quando era pequena eles se mudaram para Pirassununga, algo que eu achava desnecessário (Marina estava começando a me irritar), porque ela queria por A mais B, manter Coral longe do mar, mas para a minha alegria se eles não tivessem se mudado no final das contas Coral não poderia ter realizado o seu grande sonho.

Foi nessa cidade aonde ela conheceu Marcelo, aonde eles viveram um grande amor e ela teve duvidas, muitas duvidas sobre a sua "origem", seu pequeno fascínio pelo mar e pelas sereias.
No decorrer do livro eu vejo a mãe da Coral surtando, um pai preocupado, uma amiga quieta e invejosa (sério eu percebi que ela ... sem spoiler, vocês tem que ler - risos) e um namorado atencioso e prestativo, tentando ajudar Coral a entender sua paixão pela água.
Eu fiquei triste uma boa parte do livro porque a mãe da Coral achava que Marcelo queria roubar a filha e entregar para a mulher que aparecia à ela em sonhos, eu queria estapear essa mulher (ok sem violência Alice), para vocês terem noção como o personagem foi tão bem construído que me despertou um sentimento assim tão forte.

Eu chorei lendo o livro, eu senti pena de Coral, das incertezas dela e queria que ela tivesse tido contato com o mar antes daquilo tudo acontecer.
Só posso dizer que o final é muito bom, impressionante mesmo. Eu esperava por uma coisa e veio essa coisa e mais um bônus que me deixou feliz com o desfecho da história.  Só uma coisa que me deixou pensativa. Porque a autora escreveu o livro para ser único? No minimo ele merecia um segundo livro, porque eu adoraria saber a decisão da Coral.

05 outubro 2012

Wishlist #03


Créditos da Imagem: Kawaii World

Olá pequenos coelhos zumbis :).

Hoje eu venho trazer novamente uma listinha de coisas que eu quero.
Vamos conferir?
Mas antes queria falar algo - risos - Bom, muita gente falou para eu tentar parceria com a Novo Conceito, gente eu estou apenas esperando a resposta. Já mandei faz uns 2 meses. Uma amiga do facebook e a Taty falaram a mesma coisa (porque eu não enviava de novo), porque o e-mail já está cadastrado :) tem que esperar a resposta apenas. Tem o prazo de 6 meses. Então vamos ver no que vai dar.

04 outubro 2012

Parceria : Selo Jovem




Gente é com muita alegria que venho apresentar mais um parceiro do blog/site, espero que gostem e muitas novidades e coisas legais virão dessa parceria, mas até lá.. que tal conhecer a Editora Selo Jovem?

 A SELO JOVEM é uma ideia formada entre amigos, escritores. O objetivo da selo jovem é publicar obras com 100% de qualidade literária, sem pressa e trabalhando duro na revisão dos textos. Contamos com ótimos profissionais, desde diagramadores, revisores, capistas, design, e uma gráfica de qualidade. A editora selo jovem é uma editora voltada ao publico juvenil e adulto, publica livros de ficção, fantasia e romance. A selo jovem Publicará também HQs Comics, em formatos coloridos - nas faixas etárias adulto e juvenil.

 Recebimentos de originais:

 A EDITORA SELO JOVEM esta aberta a recebimentos de originais, o modo de publicação é uma parceira entre EDITOR/AUTOR, ou seja, o autor precisará investir na publicação.

Acessem o Site: Link Aqui.

Curtam a página do Facebook: Link aqui.

Twitter da Editora: Link aqui.



Obs: Já leram a minha última resenha? Não? Clique na imagem em cima do ícone de seguidores e leia, comenta e se divirta! 

Resenha: Piratas do Tiete - A escória dos quadrinhos



Autor: Laerte Coutinho
Editora: L&PM Pocket
Número de páginas: 106
Ano: 2007
Avaliação:  ☆☆☆☆☆

Sinopse: Tiras de Piratas do Tietê reunidas em livro pela primeira vez. O que um barbudo com perna-de-pau e tapa-olho faz em plena avenida Paulista? Esse é o capitão da tripulação em mais uma aventura dos Piratas do Tietê, tiras muito bem-humoradas criadas por Laerte. O volume nº 1 dos quadrinhos, pela primeira vez reunidos em livro, conta a rotina nada tradicional de um grupo de piratas saqueadores e fanfarrões em São Paulo. Eles se divertem entre caveiras e outros seres estranhos que habitam o rio Tietê. A primeira aparição dos Piratas ocorreu em 1983, em uma edição da revista Chiclete com Banana. Laerte, um dos grandes nomes do quadrinho nacional, publica atualmente as tiras dos heroicos piratas na Folha de S.Paulo.

Para quem não conhece o Laerte ele é um famoso cartunista no Brasil, passou um tempo com os personagens abandonados, não sei se ele já voltou a ativa (porque quando pesquisei não achei muita coisa) porém, o que eu posso dizer dessa pequena obra do Laerte? É perfeita, simples, com traços bem legais e com uma pequena pitada de humor negro.

O personagem principal "O Capitão" é muito engraçado, mandão, matador e mega sanguinolento (como um verdadeiro pirata deve ser), com uma diferença, ele é engraçado e com seus amigos piratas colocam as coisas aonde passam de pernas para o ar.
O livro é uma edição de bolso, bastante simples e com tirinhas em quadrinhos bem legais, é uma leitura totalmente rápida e viciante, quando percebemos já acabou o livro e você quer ler mais.
Eu já li o segundo livro e também uma edição de colecionador (bem maior), confesso que nem senti o tempo passar lendo as tirinhas.

Muito recomendando, porém como tem algumas coisas tipo: sangue, morte, e piadinhas maldosas, é bom já estar avisado. Apesar de não ter coisas muito explicitamente horríveis ou fortes.Tem gente que não gosta desse tipo de humor. Então vai perder o tempo lendo né?
Mas eu achei tudo muito leve, na medida do possível, chega ser até comigo as mortes e coisas assim.
Sem contar que o Capitão tem o seu melhor amigo pirata, o Jack. Esse é um dos meus piratas preferidos tirando o capitão, ele é engraçada e muito ingenuo (mesmo sendo um matador), então prestem atenção no Jack porque no segundo livro ele "promete" - risos.



02 outubro 2012

Resenha: Como namorar um vampiro



Autora: Shopie Collins
Editora: Pensamento
Número de páginas: 130
Ano: 2010
Avaliação☆☆

Sinopse: - Você já se cansou de ver os garotos da escola babando em cima da princesinha da balada?
- Sua vida amorosa é animada como um túmulo?
Então pense bem... o amor entre mortais e vampiros está na moda... Que tal namorar um deles?! O vampiro é inteligente, esperto e sexy, e está à espera de descobrir alguém um pouquinho diferente. Mas você teve sorte - este livro está cheio de testes, dicas e conselhos garantidos para mostrar a ele o que você tem de tão especial. Você vai fazer o sangue dele (aquele sanguinho gelado...) correr mais rápido nas veias!
- Descubra se o garoto que está tirando o seu sono é um vampiro de verdade ou apenas um imitador barato.
- Você também vai ter ótimas ideias para programas que não incluem tomar milk-shake de sangue tipo O.
- E saber como enxergar o coração de um cara que, quando se olha no espelho... não vê nada!
Você também vai ter um espaço reservado para escrever sobre seus encontros e sentimentos e ainda conselhos de moda e beleza que vão fazer você fugir do óbvio. Este é o único guia indispensável para descobrir quem é vampiro de verdade, e como lhe dar o golpe fatal.

É um livro de linguagem simples, algumas partes divertidas e posso dizer que é totalmente voltado ao público adolescente. Não que tenha algum problema uma pessoa mais velha ler a obra (no meu caso eu tenho 24 anos).
Os pontos negativos do livro infelizmente foram muitos. Achei um erro de ortografia, os desenhos são muito feios (pelo menos eu achei, mas um aviso não são todos os desenhos. São aqueles que mostram as garotas e os garotos vampiros e não vampiros). Eu achei que a editora poderia ter caprichado mais nesse quesito.  Porque a capa ficou muito bonita e chamativa, então imaginava-se que eles teria tido trabalho em fazer desenhos legais também.

Eu entendo que a temática do livro é sobre vampiros e namoro, mas achei meio fútil algumas partes e meio clichê demais (talvez essa fosse a ideia),  sem contar que tinham questionários que pareciam dessas revistas de moda adolescente. Ok também fazia parte da temática.
 Eu sou fã da saga crepúsculo, mas tenho plena consciência que aquele tipo de vampiro abordado na saga é completamente diferente do que achamos ser o vampiro “ideal”, aquele que realmente age como um vampiro e não anda na luz do sol porque ele pode morrer e não brilhar.

Mas vocês fãs de crepúsculo devem estar pensando: Poxa Alice, você disse que gosta é fã, mas está falando de crepúsculo muito mal, o que isso tem haver com esse livro afinal? Tudo. O padrão de vampiros do livro é do estilo crepúsculo, eu ganhei o livro sabendo quem era basicamente um guia para namorar vampiros. Mas não sabia que eles baseavam os vampiros do guia com os vampiros da saga crepúsculo. E ficava tirando sarro de vampiros “de verdade”. Apesar de algumas coisas serem engraçadas só da pessoa poder imaginar.

Eu acho que faltou originalidade para quem escreveu o livro. Como se tivesse tentando “surfar” na onda da fama de outra saga. Apesar dele ter sido o primeiro “guia” desse estilo que eu tenha lido. O problema é, eu acho que muita coisa poderia ter sido melhor, mesmo que não fosse uma história e sim um pequeno guia para passar o tempo e se divertir.
Eu não recomendo esse livro para os garotos, provavelmente eles não passarão da primeira página, afinal porque um garoto iria querer ler um livro de como namorar um vampiro? – risos.
É legal a ideia do livro de ser interativo, com questionários e tudo mais, coisa bem típica de adolescente que não sabe tomar decisão e precisa fazer um questionário para saber se o cara está mesmo afim dela ou não.

E sabe o que eu fiz? Eu fiz todos os questionários baseados no meu marido, sério. Como se ele fosse um vampiro, eu fiquei curiosa em saber o que ia dar e para a minha surpresa todas as respostas combinaram com ele. Se eu queria resenhar o livro né, eu tinha que fazer- risos.
Então existem dois ou três questionários para o seu vampiro fazer. Hã? Pois é. Mas como eu não namoro um vampiro e já sou uma mulher casada (pois é – risos), fiz meu marido fazer os questionários comigo.  Adivinhem? Nenhuma das respostas combinavam comigo – risos. Ou seja, eu não sou uma humana que se encaixa nos padrões de um vampiro do tipo que brilha no sol!!

O livro é bom para passar o tempo, mas é uma leitura muito boba, eu jurava que seria melhor. E muito mais divertida, mas claro ela ainda tem um pouco de graça. Sem contar que a capa é muito linda, toda rosa, decorada, chamativa. Então resolvi dar uma chance, eu costumo ler a parte de trás do livro (quando tem), ver a capa, prestar atenção na editora e ver se vale a pena. Geralmente eu quase nunca erro, mas às vezes, bem raramente eu acabo comprando uns livros que são uma verdadeira “bomba”. Bom, para ser sincera eu não comprei e sim ganhei do meu marido, ele sabe que eu adoro livros sobre vampiros.

Não me arrependo de ter lido, porém é um livro apenas para passar o tempo e dar algumas risadas.
A nota da resenha vai ser baseada na capa e nas partes que me fizeram rir, dentre algumas coisas que eu gostei.