30 março 2013

Resenha: Contos de uma Fada



Autora: Letícia Black
Editora: Novo Século
Número de páginas: 320
Ano: 2012
Avaliação☆☆☆☆☆
Sinopse: UM JULGAMENTO AGUARDA POR MICHELLE. SEU CRIME? NASCER. Michelle está prestes a ter sua vida virada de cabeça para baixo. Ela passa de uma simples garota carioca que gasta seu tempo livre com o namorado, Guilherme, para uma princesa de Lammertia, a terra das fadas. Descobrindo ser fruto da junção perigosa de elfos e fadas e que não deveria ter sobrevivido aos primeiros segundos de vida, Michelle parte para a Nascente das Montanhas com a ajuda de seus novos e mágicos cúmplices. Ela tem de convencer a todos do reino que pode continuar viva; e isso não será nada fácil. Tudo o que a nova princesa deseja é voltar para casa e para seu namorado. Mas antes terá de mudar o mundo das fadas para sempre. Será que ela vai conseguir?

Somos apresentados a Michelle. Ela está passando por problemas familiares (que na verdade sempre existiram, mas não nessa proporção)  e acaba sendo roubada e não tem como ligar para alguém ir busca-la. Acaba conseguindo ligar a cobrar para seu namorado (perfeito e impossível de existir) Guilherme. Sim eu achei ele bom demais para ser verdade. Um verdadeiro príncipe encantado. 
Ela acaba sendo "salva" por ele e eles vão para a casa do mesmo que divide com a mãe, por um acontecimento acabam indo morar na casa do pai do rapaz e é ai que começamos a embarcar na magia que envolve o povo mágico de Lammertia.

Michelle acaba descobrindo que é uma fada com a ajuda de um rapaz, e juntos partem para uma terra mágica chama Lammertia. Já disse para vocês que antes a história se ambientava no Rio de Janeiro? Pois é. Então é um passo muito grande sair rumo ao desconhecido depois de quase morrer e ter um par de asas lindas e ao mesmo tempo assustadoras saindo de você.Imagino o desespero da personagem.

Michelle sempre foi muito educada, delicada, sensível  porém da mesma forma como tinha um jeito explosivo. Ela é uma pequena bomba relógio emocional que qualquer hora pode explodir. Isso porque a mesma é uma hibrida!
Ela não é apenas fada e sim um pouco elfa também. No entanto híbridos são proibidos de viver em Lammertia, para ser mais precisa eles são proibidos de viver, por se tornarem inaceitáveis e propensos ao descontrole como já havia acontecido no passado.
Porém ela não é a única hibrida, ela possui um irmão. Os dois são filhos da Rainha das Fadas com o Líder do Clã dos Elfos.

Nossa aventura é cheia de mistérios, situações perigosas, uma luta incansável para voltar a terra novamente, feitiços, aprendizado e magia.
Eu achei um livro muito criativo, bem escrito e muito bem colocado com outros seres mágicos sem se tornar cansativo.
Gostei de como os personagens apareceram sem nenhum ficar de esquecido, todos foram bem trabalhados e são bastante distintos, gostei da sociedade das fadas, de como é dividida e achei um detalhe curioso ela não poderem ficar com humanos e sim incentivarem um relacionamento entre si. Apesar de algumas não gostarem disso. Ou seja, Michelle como rainha será que mudará isso um dia? Fiquei bem curiosa com o que ela fará ou não. Esse livro me fez pensar além, pensar logo em uma continuação porque fiquei curiosa com diversas coisas, e adivinhem só? Irá ter continuação (acabei perguntando para a autora) e eu não vejo a hora de saber como as coisas vão andar daqui para frente depois de um final muito bom como foi esse.

26 março 2013

Resenha: Esperando por Você




Autora: Susane Colasanti
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 336
Ano: 2013
Avaliação ☆☆☆☆

Sinopse: É hora de iniciar o segundo ano do Ensino Médio, e Marisa está pronta para um novo começo e para seu primeiro namorado de verdade. No entanto, depois do popular Derek convidá-la para sair, as coisas ficam complicadas. Além de seus pais se separarem e de Marisa ter uma briga com seu melhor amigo, Derek O amor da sua vida a deixa desapontada. As únicas coisas que mantêm Marisa são os podcasts de um DJ anônimo, o qual parece entendê-la totalmente. Mas ela não sabe quem ele é... Ou sabe?

A personagem que vamos conhecer e é quem narra o livro é Marisa! Uma jovem adolescente com distúrbio de ansiedade e um pouco de depressão faz com que no ano anterior fosse a esquisitona do colégio, mas ela está decidida a mudar esse ano, ela quer mesmo aparecer. Não naquele sentido "patricinha metida a besta" da coisa toda.

Fiquei torcendo para que ela pudesse reverter o quadro e fosse mais aceita pelo colegas, afinal ter problemas não é fácil e ainda mais quando são emocionais e te fazem ficar um caco em qualquer momento se por acaso você não se ligar no que está acontecendo ao seu redor.
Ela tem uma família feliz. E o que eu mais gostei foi a realidade de tudo isso...temos uma irmã mais nova implicante (aquela fase horrível de pré adolescência em que a pessoa fica revoltada com tudo e todos), um pai legal ( a pessoa em que você pode se firmar, contar e tentar sobreviver com ela a cada dia do seu lado te apoiando) e uma mãe meio distante, que quer ter o seu espaço e ficar sozinha da família em algumas ocasiões.

Confesso que a mãe da personagem não me desceu a garganta desde o inicio do livro e eu estava certa, por assim dizer. Eu confesso que posso até dizer que ela é o pivô de todos os problemas familiares que o pessoal tem, só acho, porque ela não se impõe como mãe e ela deixa muito a desejar. Ou seja, de tudo que eu disse agora, acho que deu para perceber coisas bem reais, acho que muita coisa do que eu escrevi vocês podem achar alguém que se encaixe nessas atitudes.

A Marisa tem uma amiga chamada Sterling que vive se interessando por garotos mais velhos que ela e começa algo perigoso (ao meu ver) ao conversar com rapazes mais velhos pela internet. E se esse cara for um tarado ou algo assim? Pelo menos a Marisa teve as mesmas reações que eu e o que será que isso vai dar? (sem spoiler). Ah e só para constar eu queria deixar claro que fiquei apaixonada pela característica da personagem gostar de cozinhar (a amiga da Marisa). 

Eu não ia dizer, mas como na sinopse diz..os pais de Marisa estão se separando, mas por que? O que existe entre eles que não pode ser consertado? Qual o problema do casal? Como a personagem vai reagir a tudo isso? 
Para mim a Marisa acaba se iludindo que quer ficar com o Derek, só porque ele é bonito e popular. Isso não deveria contar muito cem relação a outras qualidades que o Nash tem (o melhor amigo dela que está no páreo para saber quem fica com ela). 

Eu achei tudo muito previsível em alguns momentos, não sei se porque eu observo demais..só sei que eu já sabia todo o final do livro e quase tudo sobre muitas coisas que aconteceram, apesar de não saber o que tinha levado a isso ou como se desenvolveria, por isso os fatos não perderam o brilho para mim. 
O livro é bem adolescente, descontraído e levinho para uma leitura naquela tarde chuvosa em que você quer relaxar. 

Marisa acaba tendo que lidar com tantas coisas que quando as ruins acontecem são quase todas ao "mesmo tempo" e ela se vê quase desesperada, então como vocês acham que ela vai sair de tudo isso? Quais as respostas para as situações que vão aparecer no livro? Só lendo para descobrir..e ainda tem mais uma coisa, quem é o garoto misterioso em que todos no colégio estão falando? Será que a personagem vai descobrir quem é?

Eu particularmente matei essa charada assim que falaram dele, que ele era um cara misterioso e tudo mais, que fazia um programa ao vivo todas as noites e ninguém sabia quem era...acho que dá para descobrir esse pequeno mistério bem rapidinho, só ficar atento. Fica a minha dica. 

25 março 2013

Seja um autor do tamanho do maracanã ...



Chamaram o autor Cesar Cardoso para escrever  texto e participar do Autor da vez.
Ele escreve um texto e você pode continuar, a melhor continuação ganha. 
A Editora Biruta e o Ciência Hoje das Crianças estão juntos nessa e você pode ser o ganhador. Inclusive a história mais criativa será postagem em ambos os blogs (tanto no blog da Biruta quanto no blog Ciência hoje das crianças).


21 março 2013

Wishlist #09


Faz um tempinho desde a minha última postagem de lista de desejos, por isso venho trazer para vocês hoje uma das minhas listas e aproveito e mostro o que eu consegui de outras.
Ultimamente eu tenho desejado muita coisa mesmo- risos. Por isso eu resolvi fazer uma mistura de duas listas, porque eu queria muita coisa do mesmo item, então reformulei a lista número 9 para ficar um pouco mais diversificada.


19 março 2013

Resenha: Sangue Quente




Autor: Isaac Marion
Editora: Leya
Número de páginas: 256
Ano:  2011
Avaliação:   ☆☆☆☆

Sinopse: R é um jovem vivendo uma crise existencial - ele é um zumbi. Perambula por uma América destruída pela guerra, colapso social e a fome voraz de seus companheiros mortos-vivos, mas ele busca mais do que sangue e cérebros. Ele consegue pronunciar apenas algumas sílabas, mas ele é profundo, cheio de pensamentos e saudade. Não tem recordações, nem identidade, nem pulso, mas ele tem sonhos. Após vivenciar as memórias de um adolescente enquanto devorava seu cérebro, R faz uma escolha inesperada, que começa com uma relação tensa, desajeitada e estranhamente doce com a namorada de sua vítima. Julie é uma explosão de cores na paisagem triste e cinzenta que envolve a "vida" de R e sua decisão de protegê-la irá transformar não só ele, mas também seus companheiros mortos-vivos, e talvez o mundo inteiro. Assustador, engraçado e surpreendentemente comovente, Sangue Quente fala sobre estar vivo, estando morto, e a tênue linha que os separa.

Começamos a ler o livro e somos apresentados a R, um "jovem" zumbi que não consegue lembrar seu nome todo, sua antiga vida, porém consegue articular algumas palavras, pensamentos complexos e bem reflexivos. Ele e seu melhor amigo M são um mistério para mim..são cheios de "vida", conversas curtas e pensamentos sobre o mundo.

Nesse livro vemos porque os zumbis comem cérebro e achei uma boa sacada. Afinal eles comem porque conseguem ter as memórias  do ser humano em questão (o dono do cérebro) por um período de tempo. E conseguem sentir os outros seres humanos a distância porque veem a "vida" emanando deles. Para mim isso foi bem pensado, geralmente eles comem porque é de comer haha e sentem os outros seres humanos pelo cheiro ou seguem os barulhos. Isso claro nas outras histórias que eu já li.
R acaba falando com seu amigo M que precisa ir caçar e nessa ocasião acaba lutando com seres humanos que saíram para procurar remédios fora da cidade estadio. Esse é o grupo que encontramos Perry, Nora e Julie (fora os outros que estavam com eles). O zumbi R acaba atacando Perry e comendo seu cérebro, mas algo acontece com as memórias dele...ele conhece Julie, a namorada do rapaz que ele esta comendo e se vê fascinado pela garota. Com isso ele acaba decidindo que irá protege-la.

Nora é deixada a salvo em baixo de algo e ninguém percebe que deixou alguém vivo para trás. Julie é salva por R que acaba passando um pouco do sangue dele nela, assim apaga um pouco o rastro de ser humano vivo que ela emana. Sendo assim os zumbis acham que ela é uma nova convertida, porque se um zumbi acaba deixando "muito" de um humano ele acaba voltando como zumbi.
Os zumbis achando que Julie é um deles agora partem de volta para a casa deles que fica no aeroporto.

Os dias passam, e Julie vai vivendo com R, as vezes com medo, as vezes notando as mudanças nele.
Eles acabam fugindo do aeroporto depois de uma briga com os Ossudos (um grupo mais evoluído em relação aos zumbis feitos apenas de ossos) e esse grupo por sinal é o grupo que controla a raça zumbi, eles querem ser os donos do mundo por assim dizer.
É um livro aonde podemos ver como funciona o mundo dos zumbis, as suas crenças, ideais e pequenas coisas em sua sociedade.

R continua tendo flashs da memória de Perry, mesmo depois que o cérebro que ele guardou no bolso para ir comendo aos poucos acaba. Depois disso tudo entramos em uma nova fase no livro.Uma fase de mudança, de arriscar tudo por um ideal, de mudar o mundo, de viver... mesmo que estando morto!
Esse livro me surpreendeu demais, mesmo tendo um final que não foi bem do jeito que eu gostaria, pois achei ele um pouquinho fraco, o que não tira o brilho da "da coisa toda" que aconteceu.

É um livro que divide opiniões, pois é muito difícil uma pessoa que gosta de zumbis a moda antiga (como eu) gostar de um livro aonde os zumbis pensam, mas não é impossível.
Ah preciso lembrar que achei um único erro de revisão no livro, quase imperceptível  senão fosse pelo fato que sou muito chata e percebi logo de cara, mas ele não afeta nenhum pouco a leitura.

Era uma vez um conto de fadas embolorado.

#CircuitoNovoConceito Sonhe mais


Bom dia gente, mais uma postagem de circuito da Editora Novo Conceito.


Você saberia lidar com a partida da pessoa amada?
Esta pergunta é o tema central do livro de Jai Pausch, Sonhe mais. Muito bom, diga-se de passagem.
Sabe quem é ela? A viúva de Randy Pausch, o sujeito que tinha câncer no fígado, fez um discurso e escreveu um livro: A lição final. Sonhe mais é a versão dela, da esposa, sobre uma vida de paixão, amor e família. Mais incrível que o primeiro!
É tão provocante, mexe tanto com a gente que eu não consegui desgrudar do livro. Logo que comecei a ler tive raiva de Randy Pausch(!), o marido, fechei o exemplar e comecei a refletir. Mas aquele livro ao meu lado parece que me chamava, então iniciei a leitura novamente, de onde parei.
Três capítulos depois e eu estava com dó -- pena mesmo -- do Randy Pausch, afinal ele estava morrendo! Pensei: "acho que ele está certo, só pensando no melhor para a esposa e filhos", e continuei a ler.
Conforme Jai Pausch, a autora de Sonhe mais, escrevia e descrevia suas experiências -- que senti todas -- comecei a pensar que ela é quem estava errada, achei a mulher fria em certos momentos.
Pois fiz uma pausa e pensei novamente! Que loucura!
Mas o livro continuava a me provocar e lá fui eu, novamente, ler. Finalmente, percebi que Jai estava vulnerável, ela ia perder o marido de quem tanto gostava, mas tinha que continuar a vida, tinha que cuidar do doente e dos filhos ao mesmo tempo ( nada como uma mulher para fazer isso), e pensar no que aconteceria depois que Randy falecesse!
Como ela foi forte, como sofreu e como amou!
Na verdade, eles viveram um grande amor! E eu vivi um turbilhão de sentimentos!
Veja, já li livros intrigantes, emocionantes, mas que me provocasse sentimentos de compaixão, raiva, compreensão, amor, dó... tudo ao mesmo tempo, este foi o primeiro.




18 março 2013

#CircuitoNovoConceito A pousada Rose Harbor


Hoje começa no blog O #CircuitoNovoConceito :)
Alguém viu os valores que estavam aqui? Família, lar amizade....Você também está procurando algumas coisas que se perderam pelo caminho? Nostalgia! Talvez. Pode ser, mas na verdade sinto falta de valores simples que foram ficando de lado no "fast dia" do workaholic e sua família instantânea. Tudo tão rápido, sem consistência, sem sabor e ainda por cima, mal passado!  Até os índices econômicos são com base em fast-food "Índice McDonald´s". Para o mundo que eu quero descer!Socorro! Cadê a minha avó!? A vó Antonieta que fazia a Páscoa ficar mágica e que reunia as amigas e noras para a novena, fazia o Natal ser um grande jantar para reunir toda a família e ganhar presentes simples e até feitos à mão, e que abria as portas da sua casa para receber a festa de Santo Reis, quando se desmontava a árvore de Natal e os violeiros de roupas coloridas, máscaras e pandeiros com fitas se apresentavam em troca de uma xícara de café. Onde foi parar tudo isso?Onde está aquela vida simples, corrida também, com muito trabalho para colocar dinheiro em casa, filhos para criar e educar? Porém simples! E cheia de valores, coisas pequenas que faziam o dia, o mês, o ano e a vida valerem à pena. Cadê o almoço em família com todos à mesa e o jantar para contarmos como foi o dia? Tenho a leve impressão que curtíamos mais a chuva na janela, que agradecíamos mais, que sonhávamos mais.Você tem sonhado? Tem feito piquenique com seus filhos? Ou sua vida tem sido drive-thru em que você passa, pega e vai embora.Tem uma autora americana que me faz voltar ao passado com seus livros e lembrar de todas essas coisas boas de uma vida simples. É a Debbie Macomber!E sabe o que mais? Acho que tem um monte de pessoas saudosas como eu, porque Debbie já vendeu 170 milhões de livros no mundo! Isso significa que não só eu que tenho saudades da vida como ela era.Como estamos tão ocupados correndo pela vida é fácil perder os momentos de prazer. Uma boa leitura pode trazê-lo de volta! A Pousada Rose Harbor é a minha dica!

Quer Baixar o Capitulo?
Clique no banner abaixo:


15 março 2013

Lançamento A maravilhosa terra de Oz ~Editora Biruta

Passando rapidinho para deixar um recadinho para vocês :)
Esses dias eu abri o e-mail e vi um aviso bem legal da Editora Biruta avisando sobre esse lançamento muito fofo, então estou aqui compartilhando com vocês. 


14 março 2013

Li até a página 100 #10


Criado pelo blog Eu leio, eu conto, Li até a página 100..., consiste em dizer o que achamos da nossa leitura atual até a centésima página . O livro que estou lendo no momento é: Sangue quente (um dos livros né - risos).




13 março 2013

Resenha: Instituição para Jovens Prodígios: A seleção


Autora: L.L. Alves
Editora: Biblioteca 24 horas
Número de páginas: 312
Ano: 2013
Avaliação☆☆☆☆☆

Sinopse: Uma inteligência muito acima da média. Lara, uma adolescente com todas as alegrias, frustrações, amizades e amores típicos da idade, nasceu com esse dom. Do subúrbio carioca para uma Instituição de jovens superdotados na Inglaterra, a vida de Lara nos é apresentada de forma leve e instigante, sempre deixando um gostinho de quero mais. Para realizar esse sonho, a protagonista teve que deixar tudo o que lhe era mais precioso: a família, o lar, os amigos, os amores. Mas nada disso foi em vão já que ela realizava seu sonho. Será mesmo? Acompanhar a chegada de Lara na Instituição , as novas amizades, as aulas de estudos avançados e até o surgimento de um novo amor são estratégias sutis que a autora utiliza para nos levar a uma trama intrigante e misteriosa, que nos faz questionar sobre as pessoas que estão à sua volta e pensar quais os reais interesses dos mantenedores dessa poderosa instituição. Quando Lara se deixa levar pela curiosidade e é atraída pelos novos ares de Sheffield coisas ligeiramente estranhas começam a acontecer... Por que ela sente como se alguns alunos a conhecessem? Por que parece que já fizera inimigos em tão pouco tempo? Com uma nova amiga ao seu lado, Lara começa a acreditar que está ficando maluca... É normal um pombo se comunicar com uma garota? Apenas perguntas... Terá feito Lara a escolha certa?

No livro somos apresentados a Lara Müller. Um garota que vive no rio de janeiro, é muito inteligente e tem um amor platônico por um garoto. 
Lara vem de uma família bem trabalhadora e real. É como se você se sentisse próximo dos personagens, e isso me cativou muito.

Adorei a narrativa do livro, fiquei presa do começo ao fim. Tudo nesse livro é muito envolvente. 
Lara acaba indo tentar fazer a prova para entrar na instituição, e nossa nessa hora me senti muito nervosa, era como se eu estivesse indo fazer a prova. Sem contar que a prova é algo como o capeta comendo biscoitos (aprendi isso no filme dezesseis luas haha), de tão difícil que ela é. Mas para a felicidade a personagem acaba entrando na instituição. 

Gostei dos diálogos bem colocados, bem escritos. Só posso parabenizar a autora por isso, porque é algo raro hoje em dia. Fiquei muito intrigada com as coisas que acontecem na Instituição e fiquei presa nessa leitura.
É um livro bom de se ler, impossível de não gostar e inevitável de não amar.

O que mais gostei no livro foi que ele não é previsível como muitos livros por ai, as vezes eu nem imaginava o que ia acontecer e quase sempre morria de curiosidade. 
E o que se pode fazer mais para expressar um livro como esse? Eu não sei. 
Nem a minha minuscula resenha (tentando não soltar spoiler na mesma) chega aos pés desse livro. 
Espero que possam ter a oportunidade em breve de ler esse livro maravilhoso assim como eu. 

09 março 2013

Top comentarista de Março


Oi gente, nesse mês de março que é considerado o mês das noivas estou trazendo aqui para vocês um top comentarista romântico.
Esse terá apenas um ganhador, mas estou pensando em trazer no próximo dois ganhadores.
Nesse mês de março o prêmio é o livro: Não posso me apaixonar cortesia da Editora Novo Conceito.


Lindo não é?
Bom, para que todos fiquem sabendo esse livro é para maiores de 18 anos, então todo mundo tem bom senso de saber se deve ou não participar, porque eu não vou impedir ninguém.


07 março 2013

Parceria com as editoras: Biruta e Gaivota


Oi gente, eu vim aqui para apresentar a vocês novidades muito boas.
Hoje eu recebi um e-mail avisando que havia sido aceita na parceria com a Editora Biruta e a Editora Gaivota. Pensem na minha felicidade. 
Então a partir de hoje contem com resenhas e promoções que envolvam os livros das editoras.

Que tal a gente curtir a página deles no facebook? 


Para curtir a página da Editora Biruta clique AQUI.


Para curtir a página da Editora Gaivota clique AQUI.



Para quem ainda não viu, ali na barra lateral tem os ícones das editoras que são parceiras do blog. Aproveitem para clicar e dar uma visitada nos sites e tudo mais.
Esse ano de 2013 promete muito então espero poder contar com todos vocês e recebem de braços bem abertos essas duas editoras parceiras.

E vou me despedindo por aqui. Assim que puder trarei mais noticias das editoras, então fiquei no aguardo.

06 março 2013

Promoção Línguas de fogo


Oi gente, eu não iria soltar a promoção agora, mas bateu aquela vontade então estou animando um pouquinho as coisas aqui no blog.
Em parceria com a autora Karen Soarele o blog estará sorteando um Livro Autografado pela autora e alguns marcadores, serão 2 ganhadores. isso mesmo DOIS GANHADORES.

O primeiro ganhador levará o livro autografado e mais dois marcadores do livro autografados também.
O segundo ganhador receberá um kit de marcadores diversos, sendo que dois deles são autografados pela autora.


Se vocês derem uma olhadinha na foto podem perceber que tem muitos marcadores :) e todos estão autografados por sinal. Eu irei fazer uma outra promoção que vai envolver os marcadores que sobraram, mas por enquanto vou deixar vocês na curiosidade.