23 julho 2013

Review: O Homem de Aço



O filme se passa desde o pequeno momento antes da ruína de Krypton aonde o grande Jor-El está tentando salvar seu povo, mas como ele faria isso? Claro que fazendo todos os meios possíveis e enviando seu filho, a esperança da sua raça para outra galáxia. Mas afinal por que Krypton estava se destruindo? Bom, vou tentar não escrever muito, mas o que posso dizer é: eles acabaram "usando" demais do planeta, fazendo coisas demais e algo que me deixou bem interessada.. lá não havia um nascimento de verdade a muito tempo.
As crianças não nasciam da forma convencional, eram "criadas" por causa da tecnologia.
Eu fiquei encantada como as coisas foram colocadas, e fiquei muito feliz por ter toda uma história por trás que eu pude me apegar em detalhes, lutas, pequenas esperanças, morte e todo um mundo antes do pequeno Kal-El.


Tenho que elogiar o vilão desse filme, Zod. 
Ele é o traidor que acaba indo e levando um grupo para a zona fantasma por traição contra seu povo.
A atuação do mesmo, e da mulher que está ao lado dele (Faora), foi espetacular. Não podia querer pessoas que me fizessem sentir tanta raiva no mesmo filme, e que realmente caíssem em uma boa briga como esses dois brigando com outras pessoas. 


Nesse filme o Clark está usando os poderes para ajudar pessoas, permanecer no anonimato e tentar se esconder da humanidade pois segundo seu pai  Jonathan Kent os humanos não saberiam lidar com ele.
Por sinal vemos os sacrifícios que o Clark teve que fazer durante toda sua vida para poder tentar esconder quem era. 
Realmente a atuação do ator que fez o superman foi muito boa, pois me senti como se estivesse lendo os quadrinhos. Ele definitivamente se tornou a personificação do personagem na vida real.
É um filme com muita ação, com direito a quase destruição de uma cidade, boas cenas de luta e um final incrível. 

22 julho 2013

Resenha: A Visitação do Amor


Autor: Jorge Miguel 
Editora: Biruta
Número de páginas: 120
Ano: 2007 
Avaliação☆☆☆

Sinopse: Um rapaz sensível que chorava lágrimas coloridas e vive um romance com uma garota que veio do céu. Um anão com um incrível cachecol tecido com a sua história. A luta de toda uma população para recuperar a música, banida de seu Pequeno Reino. Esses são alguns dos elementos de A visitação do amor, que nos reporta aos velhos contos de fadas.


Uma historinha bem curta que me fez pensar em poesia, em música e pequenos mistérios.
Começa com um casal que não pode ter filhos. Eles tentam de tudo, mas a mulher nunca engravida. De tanto tentarem eles ficam com a ideia na cabeça que o filho se chamaria Antônio.
Até que em um belo dia, a esposa fica sabendo que está finalmente esperando o tal do antônio!

Quando ele vem ao mundo não é como uma criança qualquer. Ele vive dormindo, vive no seu pequeno mundo e ao longo de sua vida ao crescer chora um pouco, mas como era de se esperar o seu choro não é normal...ele não é normal.
Antônio é uma criança que escuta demais, que vive por sons, que se "respira" musica, e claro que chora lágrimas coloridas. Todos no pequeno reino recomendaram várias coisas para a mãe do menino fazer para tentar aplacar esse choro.

Enquanto isso o menino vem recebendo presentes de uma mulher conhecida como Dona Fada. Um personagem que eu gostei muito, que está pelo mundo viajando e mandando pequenos presentes que emitem algum som para Antônio, algo que possa se fazer música.
Enquanto isso um pequeno anão que toca violino está peregrinando tentando encontrar um lugar para se estabelecer, um lugar em que possa fazer "sua música" em paz. Em alguns momentos Nícolas parece que vai diminuindo a cada capítulo, como se estivesse sumindo.
E para "finalizar" conhecemos um pequeno anjo (em forma de garota) que acaba caindo do céu e na vida do garoto.

A música no pequeno reino foi banida pois as pessoas estavam deixando seus afazeres de casa dentre outras coisas para se "deixar levar pela música", então com a música banida como sobreviverá o pequeno reino? Os habitantes? O pequeno Antônio? O anjo? Nícolas?
Esse é um pequeno livro que toca você, mesmo que não faça tanto sentido algumas vezes, acho que ele é para ser sentido, mesmo que nem sempre faça sentido.

20 julho 2013

Capas comemorativas para o 15º aniversário de Harry Potter


Bom, finalmente resolvi publicar essa postagem. Eu já havia feito, mas estava enrolando.

Ano que vem a saga Harry Potter irá completar 15 anos, então a diva J. K resolveu inovar e encarregou o ilustrador  Kazu Kibuishi desta missão (que por sinal eu achei que está indo muito bem porque eu amei as capas feitas até agora).
Então vamos conhecer as capas feitas por ele até agora?

17 julho 2013

Capas com: Morangos e Chocolate


Oi meus amores.
Eu andei dando uma olhadinha e resolvi trazer para vocês capas de livros que tenham algo especifico (como uma boa apreciadora de capas que sou).
E como primeira postagem escolhi capas com Morangos e outras com Chocolate.
E não eu não me esqueci que estou devendo uma postagem de capas pelo mundo de algum livro, algumas pessoas tem me cobrado essa categoria aqui no blog.
Obs: Me lembro de ter visto um blog que fazia algo parecido com essa postagem, mas gente não lembro qual o blog...então por favor crédito total a ele.

15 julho 2013

Resenha: Delírio




Autora: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 352
Ano: 2012
Avaliação☆☆☆☆☆

Sinopse: Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?.

A história do livro começa com o amor. Essa doença que muitos pensavam ser um sentimento bom, que te deixava nas nuvens e as vezes te fazia sofrer um pouco quando não era amado de volta. Ah o amor.
Nos tempos atuais a  humanidade vive em outra realidade, aonde foi descoberto que o amor é uma doença e ao completar dezoito anos o governo te faz passar por uma cirurgia aonde você vem completamente curado sobre o amor.

Você acaba não sentindo nada, não escutando música,não dançam, não fazendo uma série de coisas que possam despertar sentimentos que te aproximem do amor. Pois o amor, é letal.
Então como é que se faz quando você acaba amando alguém? Esse é o caso de Lena. Uma garota que tem uma mãe que acabou cometendo e já havia passado muitas vezes pela intervenção e nunca ficava curada do amor.
O "engraçado" é que alguns dos "curados" acabam perdendo os interesses por algo que antes eles gostavam antes da cirurgia. Acho que tem mais por trás disso do que foi revelado no primeiro livro. Acho que o governo faz coisas piores que a população não imagina, então por isso eles erradicaram o amor...sim sou dessas que cria teoria da conspiração para o governo.

Os adolescentes fazem os testes para descobrir quais suas qualidades, as suas prioridades e quais serão suas disponibilidades de pares para um provável casamento no futuro. Aonde vocês vão ficar curados, e completamente um casal normal sem a doença chamada amor.
Gente é um livro muito louco.
Fiquei encantada com os medos, os pensamentos da personagem e de como as coisas mexeram comigo. Tudo nesse livro foi bem construído e fui devorando o mesmo a cada página.

Confesso que fiquei de boca aberta com um segredo que foi descoberto quase no final do livro. Realmente é um livro surpreendente. É uma luta muito grande, é algo muito constante e confesso para vocês que fiquei desesperada em algumas momentos de tanta curiosidade.
Lena é o tipo de personagem que eu me irrito as vezes, mas no final estou eufórica torcendo para que tudo de certo. Não deu tão certo do jeito que eu esperava, mas fiquei de boca aberta do mesmo jeito.
Gostei da melhor amiga dela Hana, e da sua prima mais nova que é a desajustada da família que não fala e chora em silêncio esperando que a mãe um dia seja carinhosa com ela...cara sofri com essa pequena personagem porque ela é uma criança carente sabe, a mãe é curada e não liga para ela. Eles não nutrem nenhum sentimentos pelos filhos, então deve ser difícil ser criança ou adolescente, pois te acham uma bomba relógio que pode amar e ficar doido a qualquer momento.

Com certeza o livro foi incrível, adorei a narrativa do mesmo. O jeito como tudo foi colocado pela autora e essa foi a primeira vez que li algo dela e já estou adorando.
E você já tentou pensar em como seria o mundo sem amor?

13 julho 2013

Li até a página 100 #A profecia de Mídria - Os mistérios de Warthía

Bom dia pessoas :)
Bom, todos sabem que a categoria foi criado pelo blog Eu leio eu conto então vamos ao que interessa mocinhos e mocinhas - risos-.
Hoje eu trouxe um livro que estou quase terminando (isso me lembra que preciso atualizar o histórico de leitura no skoob), e também me lembra que estou atrasada com esse livro (trabalho tem me deixado um pouco cansada)...mas logo mais trarei resenha dele por aqui.

PRIMEIRA FRASE DA PÁGINA 100:
Sabia o quanto era feio ouvir a conversa alheia, mas estava, tecnicamente, nela. O que lhe poderia lhe dar algum direito de ouvir.

DO QUE SE TRATA O LIVRO?
Uma garota que vivia sossegadamente em sua vila até que tudo vira de pernas pro ar no dia do seu aniversário. Um livro de mistérios e magia.
Um livro que eu não vou falar mais nada porque vocês vão esperar a resenha.

O QUE ESTÁ ACHANDO ATÉ AGORA?
Muito bom :)

O QUE ESTÁ ACHANDO DA PERSONAGEM PRINCIPAL?
Tipo assim...WTF Serafine? Qual seu problema mulher? Tipo eu sei que gente morreu, que ninguém te conta nada, mas caramba você está com uma missão importante, não poderia deixar de ser só um pouquinho infantil?
Acho que a ficha dela não caiu para a realidade, e as vezes ela me irrita, mas ela é uma boa garota!

MELHOR QUOTE ATÉ AGORA:
Gente vocês vão ter que me desculpar, mas eu fui lendo esse livro e quando vi notei que não marquei quote até a página 100, não porque não gostei de nada..foi simplesmente porque esqueci meus postsit em casa no dia em que estava lendo ele no ônibus. Então vocês vão ficar sem quote.

VAI CONTINUAR LENDO?
Claro que vou :) gosto demais do Jarek para deixar ele sozinho tendo que cuidar da Serafina (haha to brincando), sério vou ler sim quero muito saber o final.

ÚLTIMA FRASE DA PÁGINA:
Uma das torres parecia se perder em meio às nuvens.

Então é isso.
Espero que tenham gostado, fiquem bem e não se esqueçam de comentar!

10 julho 2013

Blocos de notas criativos



Oi gente.
Esses dias estava dando uma olhadinha nos blocos de notas que eu tenho e resolvi pesquisar alguns só por curiosidade..queria saber um pouco sobre blocos personalizados.
E achei alguns bem legais. Então resolvi compartilhar alguns blocos com vocês.
E quem aqui assim como eu é apaixonado por bloco de notas?


Em formato de Cup cake


Nossa esse foi demais. Um pedaço de madeira. Só poderia ser asiático (haha tudo eles inventam).


Em formato de biscoito.
 Com capas em alto relevo com formas de armas.

Que viram bolinhas.

Em formato de camisas.

Em cerâmica, aonde você pode apagar depois o recado escrito.

Formato em barrinha de chocolate, e eu já estou querendo um cor de rosa desse.


 A prova de água. Achei esse muito incrível.


Em formato de guardanapo.
 Em formato de Ipad.


 Em formato de pão de forma.

Em formato de piano.


 Achei muito criativo esse em formato de VSH.


 Em formato de melancia. Eu tenho um de maçã.


 E por último um bonequinho na banheira. Gente achei esse muito fofo.
E ai minha gente, quem aqui tem muitos bloquinhos de notas?
Me contem sobre isso.

Nicholas Sparks já tem data para de sua visita na Bienal

Visitando os sites por ai achei uma imagem bem legal que mostra um tweet com a data da vinda do autor na Bienal de 2013.

Crédito da imagem: Blog Burn Book

Sei que algumas pessoas andam bem empolgadas, mas confesso que eu não sou fã dele, na verdade nunca li nada do autor, mas quem sabe eu leia um dia.
Até lá a noticia não é tão empolgante para mim, mas e para vocês? Quem daqui vai? 

09 julho 2013

Lançamentos de Julho com a Editora Novo Conceito

Oi meus amores.
Vim aqui rapidinho publicar os lançamentos da editora para esse mês de julho.


Sinopse: Havia uma parte em Lanny que queria ser punida. Um pedaço de seu coração que acreditava que ela merecia o horror de ser imortal, a tristeza de ver todos aqueles que amara partirem, enquanto ela só podia conviver com as perdas e as lembranças. Terríveis e solitárias lembranças. Este “dom”, oferecido pelo mais malvado dos homens, Adair, era, para ela, a resposta a uma pena que ela deveria cumprir. Mas, apesar das culpas e do castigo que pensava merecer, ela ainda sonhava. E esperava ser redimida por ter dado a Jonathan — seu grande amor — o esquecimento que purifica todo ser de sua dor: a morte. No entanto, bem no fundo de sua alma, ela suspeitava que, fosse o que fosse que a atraísse para Adair (e para sua maldade), fosse qual fosse o infeliz sentimento que os aproximara, este sentimento não fora totalmente exorcizado. Não importava que ela tivesse chegado ao cúmulo de emparedar aquele homem mau e deixá-lo para apodrecer, não importava que o tempo tivesse passado, nem que, hoje, ela pudesse contar com o apoio e os braços fortes e acolhedores de Luke... Adair estava por perto, ela podia senti-lo, e seu poder era inexorável.




Sinopse: Cassie Madison fugiu de Walton, Geórgia, para Nova York quando soube que sua irmã, Harriet, e seu amor, Joe, tinham-na traído e iam se casar. Ao chegar em Manhattan, sua ideia era se reinventar, mergulhar de cabeça na carreira e até mesmo perder o sotaque provinciano. Tudo para apagar seu passado marcado pela traição e por uma família que não lhe tratara com o devido cuidado. Mas, numa noite, um único telefonema de sua irmã trouxe de volta tudo que ela pretendia esquecer. Com o pai muito doente, ela foi obrigada a fazer a viagem de volta e, enquanto arrumava as malas, seus maiores medos eram que o pai morresse sem que ela pudesse estar com ele e... encontrar a família feliz que Harriet e Joe tinham construído. Já em Walton, Cassie percebe que enfrentará uma imensa batalha particular, porque, afinal, ela não consegue deixar de amar seus sobrinhos — e nem deixar de se sentir em casa, naquela cidadezinha de sua infância. Enquanto se divide entre o rancor e a esperança, velhas e queridas lembranças e uma mágoa insustentável, o destino arrumaria uma forma de aproximá-la do que realmente importa: o verdadeiro amor.






Sinopse: Os apaixonados, Tristan, o anjo, e Ivy, a mortal, finalmente conseguem se tocar. Isto só pode acontecer porque Tristan ocupou um corpo, o corpo de Luke. Mas Luke era procurado pela polícia — que não sabe que ele está morto e continua a persegui-lo. Portanto, Tristan torna-se, sem querer, um alvo da polícia. Da polícia e do verdadeiro criminoso, a quem não interessa ver Luke vivo. É preciso dar fim a esta perseguição. O casal precisa esclarecer rapidamente toda a confusão em que Luke se meteu. Mas, ao conviver com pessoas perigosas e chantagistas — e insistir em fazer o que for para ficar perto de Ivy —, o anjo aproxima-se das coisas ruins que podem levá-lo a fraquejar e perecer, especialmente agora, que ele é um anjo caído. Por causa de Ivy, Tristan vem se aproximando cada vez mais das forças mundanas e das trevas — e de Gregory também. Por outro lado, Gregory vem aumentando seu poder, especialmente depois que possuiu o corpo de Beth. E esse desequilíbrio de forças pode acabar em uma triunfante vitória do mal. A não ser que Ivy tome a frente dessa batalha...
Sinopse: Chris Astor é um homem de seus quarenta e poucos anos que está passando pelo mais difícil trecho de sua vida. Ele tem uma filha, Becky, de 14 anos, que já passou imensas dificuldades até chegar a se tornar uma moça vibrante e alegre, mas que parece que terá que enfrentar mais um grande problema em sua vida. Quando Becky era pequena e teve câncer, Chris e ela inventaram um conto de fadas, uma fantasia infantil que adquiriu vida e tornou-se um terrível, provavelmente fatal, problema. Agora, Chris, Becky e Miea (a jovem rainha da fantasia criada por pai e filha) terão que desvendar um segredo: o segredo de por que seus mundos de fantasia e realidade se juntaram neste momento. O segredo para o propósito disso tudo. O segredo para o futuro. É um segredo que, se descoberto, irá redefinir a mente de todos eles.A menina que semeava é um romance de esforço e esperança, invenção e redescoberta. Ele pode muito bem levá-lo a algum lugar que você nunca imaginou que existisse. Uma fantasia que trabalha assuntos densos como a separação dos pais, oncologia infantil, separação de filha e pai, adolescência. A menina que semeava não é um livro sobre adolescentes comuns. É sobre uma que se deparou prematuramente com a ameaça do fim e teve de tentar aprender a lidar com ele.


Sinopse: A Garota do Penhasco é um romance que enreda o leitor através de vários fios: a história de Grania Ryan e sua querida Aurora Devonshire, a garota do penhasco, nos fala sobre mudança de vida. A história das famílias Ryan e Lisle é um lindo conto sobre um século de mal-entendidos e rancor entre inimigos que se acreditam enganados por falcatruas financeiras. O caso de amor entre Grania Ryan e Lawrence Lisle comove por sua delicadeza e força vertiginosa que culmina em imensa tristeza. Mas, sobretudo, A Garota do Penhasco é um livro que mostra como é possível encontrar uma finalidade, um propósito, quando todas as esperanças parecem perdidas. “De ritmo tenso e original, este é um romance envolvente sobre recuperação, resgate, novas oportunidades e amor perdido.”





Sinopse: Evie Dexter quer fazer carreira como guia de turismo. Determinada como é, e cheia de coragem por causa de um ou outro drink, ela logo começa a “melhorar” seu currículo. E consegue um ótimo emprego: acompanhar turistas por toda Paris.Agora é só uma questão de se firmar como profissional demonstrando o seu melhor. Mas os vinhos franceses são tão gostosos... E seu tutor, Rob, é bonito demais!O primeiro romance de Molly Hopkins é um livro que todo mundo gostaria de ler. É verdade que você pode se incomodar com o comportamento de Evie quando ela descobre que Rob é muito rico, e pode até ser que você ache que Rob é exageradamente controlador. Mas nada é maior que as gargalhadas que você dará quanto mais conhecer a garota descomedida, apaixonada e com um imenso coração que é Evie. Uma moça como muitas que conhecemos.

08 julho 2013

Resultado Top comentarista de Junho.


Crédito da Imagem: Página do facebook da Editora Novo Conceito.

Oi gente.
Hoje eu vim aqui como prometido soltar o resultado do top comentarista. Acabei inclusive de voltar do correio pois enviei todos os prêmios que estavam pendentes aqui comigo e já passei os respectivos códigos de rastreio para seus donos ficarem de olho quando o correio irá entregar seus prêmios.
Então vamos ao que interessa.

1- Kelly Muniz
2- Yasmim N.


Tenho que deixar claro, comentários depois do dia 07 não valem. Então quem comentou depois não contou comentário para o top. Algumas pessoas que não comentaram em tudo infelizmente não chegaram no final e duas meninas (Pam e Catherine T) que não comentaram na última postagem (resumo mensal de junho) e por apenas um comentário não entraram para desempatar o sorteio e concorrer ao kit.
Dentre outras coisas, então fiquem bem atentos quando forem comentar.
Apenas as duas garotas acima fizeram tudo certo, então o desempate acontecerá entre elas.

Meus parabéns Kelly M. Você foi a sortuda desse mês.

Um e-mail será enviado a você pedindo seus dados, nele conterá o período de resposta e tudo mais. Caso não seja respondido no prazo a outra pessoa levará o prêmio para casa.

04 julho 2013

Promoção Jardim de Inverno.


Oi gente, estou passando apenas para avisar que está rolando uma outra promoção no meu perfil do google+ então se quiserem participar fiquem a vontade.
Veja AQUI.


Obs: Estou correndo para trazer postagens novas esses dias, mas estou mega ocupada. Não se preocupem que logo mais terão muita coisa para ler e assistir aqui no blog.

02 julho 2013

Resenha: Feios



Autor: Scott Westerfeld
Editora: Galera Record
Número de páginas: 416
Ano: 2012
Avaliação☆☆☆


Sinopse: Tally está prestes a completar 16 anos, e ela mal pode esperar. Não por sua carteira de motorista – mas para se tornar bonita. No mundo de Tally, seu aniversário de 16 anos traz uma operação que torna você de uma horripilante pessoa feia para uma maravilhosa pessoa linda e te leva para um paraíso de alta tecnologia onde seu único trabalho é se divertir muito. Em apenas algumas semanas Tally estará lá. Mas a nova amiga de Tally, Shay, não tem certeza se ela quer ser bonita. Ela prefere arriscar sua vida do lado de fora. Quando ela foge, Tally aprende sobre um lado totalmente novo do mundo dos bonitos – que não é tão bonito assim. As autoridades oferecem a Tally sua pior escolha: encontrar sua amiga e a entregar, ou nunca se transformar em uma pessoa bonita. A escolha de Tally faz sua vida mudar pra sempre.

Nossa história começa com Tally Youngblood, que é uma garota feia (segundo os padrões estéticos do mundo em que vive). Ela irá completar 16 anos de idade, algo que é muito esperado na sociedade pois nessa época você acaba ganhando uma cirurgia patrocinada pelo governo, onde você acaba virando perfeito, e vai ter quase toda a vida para ir a festas, curtir sua perfeição, dentre outras coisas.
No mundo antigo as pessoas acabaram indo a ruína por causa que nem todas eram perfeitas, mas agora todos tem a chance de serem perfeitos.

No entanto algo ruim aconteceu. Tally acaba se metendo em uma grande enrascada quando sua amiga Shay (que ela conheceu quando voltava de uma loucura que havia feito em Nova Perfeição) acaba fugindo antes da famosa cirurgia para se tornar perfeito.
Bom, Tally acaba conhecendo Shay depois de invadir Nova Perfeição (aonde os perfeitos ficam), pois ela queria muito falar com seu amigo que havia se tornado perfeito. Tally queria saber se ainda continuavam sendo amigos, e por causa de grande risco que correu acaba voltando para casa na madrugada e encontra Shay escondida entre arbustos. Esse foi o começo de uma amizade, que eu posso dizer que foi meio falsa porque para mim Shay não é uma boa amiga.

Depois que Shay acaba fugindo Tally é levada no dia do seu aniversário para fazer sua cirurgia, mas algo dá errado e os temidos/secretos agentes do governo acabam conversando com ela e dizem que ela só se tornará perfeita se dizer o paradeiro da amiga.
Por sorte Shay deixou um bilhete para Tally codificando a localização do local para onde estava indo.
Mas porque Shay está sendo caçada? Simples. Existe um lugar chamado Fumaça, aonde os seres humanos não querem se tornar perfeitos e continuam feios para o resto de suas vidas. Vivendo da caça, e tudo mais, como os antigos viviam.

Eu achei que o livro foi se arrastando em boa parte da história, e sinceramente o cenário criado para mim tinha tudo para dar certo, mas infelizmente não foi um bom livro.
Fiquei muito chateada e tentada a largar em diversas vezes, pois achei a Tally muito mimada algumas horas, os rebeldes da Fumaça meio "moles" e o livro sem muita emoção.
Gostei de como a sociedade foi construída com base na aceitação de si mesmo, ser feio ou não e essas coisas, só achei que foi pouco aproveitado essa ideia.

Achei que o final teve uma melhora considerável, não pelo fato que fico muito bom,mas conseguiu deixar uma ponta para a continuação me fazendo a seguinte pergunta: Será que Tally vai conseguir uma resposta positiva? Será mesmo que ela vai conseguir ajudar a resolver tudo?
Se eu for ler a continuação não sei quando pretendo fazer tal façanha, mas vou tentar dar uma chance ao autor.

Lançamento: A menina que sonhava com os pés

A menina que sonhava com os pés

                Ana é uma menina diferente, que demonstra sua alegria e energia por meio de seus sapatos coloridos. Quando começa a frequentar a escola, Ana encontra algumas dificuldades com sua professora. Essa é a história do mais novo lançamento da Editora Gaivota, A menina que sonhava com os pés, de Christian David e ilustrações de Martina Peluso.
                O livro encanta ao mostrar a delicadeza de Ana ao lidar com seus problemas. Além disso, os pequenos leitores se identificarão com os medos e descobertas da personagem principal em seu primeiro dia de aula.
                A menina Ana é capaz de ensinar o leitor sobre o poder de sonhar e o desejo de alegrar todos que estão ao seu redor. Os personagens cativantes, como a professora substituta e os pais de Ana, contribuem para esse aspecto da história.
Repleto de ilustrações graciosas em tons pastéis, o livro chama a atenção por seu projeto gráfico atraente, característico da Editora Gaivota. Os leitores se encantarão com as imagens coloridas e de traços delicados.

                A menina que sonhava com os pés tem lançamento marcado para o dia 13 de julho, em Porto Alegre/RS. O evento acontecerá às 16h, na Saraiva Praia de Belas Shopping, localizada na Avenida Praia de Belas, 1181, 2º piso.