30 setembro 2013

Li até a página 100: Cidade dos ossos



Primeira frase da página 100:
- Vou dizer o que puder - ela começou a andar em direção à porta, depois parou na entrada, olhando fixamente. 

Do que se trata o livro?
Clary, uma garota que presenciou um assassinato em uma boate, mas ao que parece nem tudo é o que parece ser no caso de Clary. Ela não viu algo qualquer e sim a morte de um demônio.
Depois desse dia sua vida vira de ponta cabeça e sua mãe acaba sumindo e apenas ela consegue ver algumas coisas.

O que está achando até agora?
Estou gostando muito, curti o jeito que a autora escreve e amando os personagens.

O que está achando dos protagonistas?
ótimos, apesar de Clary ser meio irritante as vezes, gosto dela um pouco. E Jace (suspira) perfeito demais com aquele jeito sarcástico e irritante para os outros ao seu redor que eu aprecio em personagens masculinos!

Melhor quote até agora: (eu escolhi um dentre muitos e foi difícil viu)
- Aquelas garotas do outro lado do vagão estão encarando você.
Jace deu um olhar afetado.
- Claro que estão- ele disse. - Sou extremamente atraente.
- Você nunca ouviu falar que a modéstia é um traço atraente? 
- Só para pessoas feias- confidenciou Jace-. - Os mais gentis podem herdar a terra, mas no momento ela pertence aos esnobes. Como eu. - Ele deu uma piscadela para as garotas, que sorriram e se esconderam atrás dos próprios cabelos.

Vai continuar lendo?
Não perderia o final desse livro por nada.

Última frase da página 100:
-Depois que tiver passado um pouquinho mais de tempo no nosso mundo- disse Jace-, você não vai mais me perguntar isso.

Olá, caçadores de coelhos raivosos (opa acho que está virando saudação nessa postagem - risos), estou aqui para apresentar a vocês minha pequena análise da leitura desse livro até e página 100. Espero que tenham gostado e nos vemos em breve com mais postagens no blog!

Resenha: Como Navegar em uma Tempestade de Dragão



Autora: Cressida Cowell
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 272
Ano: 2011
Avaliação: ☆☆☆☆



Sinopse: A bordo do navio Sonho Americano 2, tripulado pela tribo dos Histéricos, Soluço Spantosicus Strondus III, o desajeitado herdeiro da tribo dos Hooligans Cabeludos, precisa salvar não só a sua pele e a de seus melhores amigos: o destino de todo o povo bárbaro está em suas mãos.Como navegar em uma tempestade de dragão, sétima aventura da série, começa com a participação do inseparável trio Soluço, Camicazi e Perna-de-Peixe, além dos dragões de caça Banguela e Mosca da Tempestade, na tradicional Competição Amistosa de Nado Intertribal. No entanto, durante a competição, os improváveis heróis são sequestrados e acabam em uma expedição que cruzará todo o Grande Oceano Ocidental - e encontram bestas dignas de mitos medievais ao longo do caminho rumo ao Novo Mundo.

Nossa história nesse livro nos leva a mais uma das aventuras de Soluço e sua turma.
O começo do livro vemos uma tribo sendo escravizada e logo mais descobrimos aonde eles estão indo parar, e a vida deles acaba cruzando o destino do jovem Soluço!
Agora em outro lugar distante todos estão se preparando para uma competição amistosa de nado intertribal entre as tribos Hooligans, Ladras e dos Histéricos aonde quem sair por último da água é que deverá ser decretado como o vencedor da prova. Porém como ficar tanto tempo na água?

O avô de Soluço diz que ele só deverá sair da água quando a coisa que tiquetaqueia começar a fazer barulho, e programou o pequeno instrumento para depois de alguns meses.
Depois de serem desclassificados (Stoico e Berta) acabam se metendo em uma enrascada, pois seus filhos não voltaram ainda da competição (estão sendo dados como mortos) e ao que parece outra pessoa ganhou (um chefe de outra tribo), então qual será o final doloroso desses dois chefes de tribos vikings? Enquanto isso, aonde andam seus filhos?

Ah é, já ia esquecendo, eles foram raptados por dragões e colocados em um barco aonde encontramos um dos inimigos de Soluço, Norberto.Enquanto Norberto acha que para encontrar o continente americano precisa da ajuda de Soluço, o jovem tenta dar um jeito de voltar para casa com os amigos, tenta resolver o problema dos escravos que estão no porão e ainda por cima tem que fugir de uma fera terrível (um dragão mitológico).

O livro segue o mesmo estilo de capa e ilustrações, não achei nenhum erro e a leitura é bem rápida, e para quem não sabe sou muito fã de Soluço e seu pequeno dragão banguela.
Me diverti muito com o livro e bom, a resenha pode ser um pouco confusa para quem ainda não está acostumado com o universo do Soluço.

2° Feira Literária de São Bernardo do Campo- Editora Biruta e Gaivota;


28 setembro 2013

Resenha: O Amor Mora ao Lado



Autora: Debbie Macomber
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 160
Ano: 2013
Avaliação: ☆☆☆☆

Sinopse: Lacey Lancaster sempre quis ser esposa e mãe. No entanto, depois de um divórcio bastante doloroso, ela decide que é hora de dar um tempo em seus sonhos e seguir sozinha mesmo. Mas não tão sozinha: sua gatinha abissínia, Cléo, torna-se sua companhia de todas as horas. Até é uma vida boa — um pouco aguada, é verdade — a de Lacey. A não ser por seu escandaloso vizinho, Jack Walker. Quando Jack não está discutindo, sempre em voz muito alta, com sua namorada — com quem insiste em morar junto — está perseguindo seu gato, chamado Cão, pelos corredores do prédio. E Cão está determinado a conseguir que a gatinha Cléo sucumba aos seus avanços felinos. Jack e Cão são realmente muito irritantes. Mas acontece que a primeira impressão nem sempre é a que fica...


Nossa história começa com a jovem Lacey Lancaster, uma mulher que acha que todos os homens são iguais depois de ter passado por um divórcio difícil. Afinal quem nunca sofreu por amor não é?
Ela acaba decidindo mudar de cidade, seguir com sua vida e um belo dia passa na frente de um petshop e acaba adotando a gatinha Cléo. 

Vivendo sua vida na mesmice e sem muitas novidade Lacey vai levando os dias, não tem coragem de pedir a seu chefe um belo aumento já que não está ganhando a mais por todas aquelas horas extras e momentos que trabalha feito uma condenada muito.
E tem Jack, seu belo vizinho barulho que vive brigando com sua namorada. As brigas costumam ser tão escandalosas que um dia Lancey acaba batendo na parede para chamar atenção dos dois, no entanto foi algo que não surtiu muito efeito.

Jack sempre tenta levar Lancey para sair e tudo mais, ela sempre recusa e isso já faz quase um ano e posso dizer que Jack é um guerreiro, pois eu não iria aturar muito isso. 
Lancey acaba abrindo a porta em um momento em que Jack está tendo uma das brigas e vai tentar falar com os dois, porém por uma reviravolta não presta muito atenção e quando volta para seu apartamento vê Cão (gato do Jack) e Cléo (sua gatinha) no maior "love".
E agora??? 

Vou parando por aqui antes que solte muitos spoilers!. O livro é muito meigo, cheio de coisas engraçadas e momentos simples que nos fazem ver como o amor é lindo, confiar em alguém é difícil e recomeçar pode ser uma verdadeira luta.
O que será de Cléo, Cão. Jack e Lancey?? Será que Lancey finalmente tomará coragem para pedir o aumento?? Será que Jack conseguirá um encontro com ela?? E como fica a namorada dele com isso tudo?

Realmente concordo com a sinopse: a primeira impressão nem sempre é a que fica! E digo mais: nem sempre é a verdadeira.
O livro é rápido e tem uma diagramação linda com alguns gatinhos espalhados pelo livro. 
Não achei nenhum erro e queria que ele fosse um pouco mais longo, pois a história é realmente fofa!
Confesso que não curti o final porque achei um pouco rápido, mas nada que seja ruim de fato entendem? Por esse motivo que acabei dando apenas quatro estrelas, o final não foi lá essas coisas para mim, apesar de que foi um "felizes para sempre".

Essa é a primeira vez que leio algo da autora e estou bem empolgada para ler outro livro. A escrita dela é tranquila e bem delicada. 
Recomendo o livro para momentos em que vocês queiram embarcar em algo bem leve e meigo.

26 setembro 2013

Lançamentos da Novo Conceito: Setembro

Sinopse: Hephzibah e Rebecca são irmãs gêmeas, mas muito diferentes. Enquanto Hephzi é linda e voluntariosa, Reb sofre da Síndrome de Treacher Collins — que deformou enormemente seu rosto — e é mais cuidadosa. Apesar de suas diferenças, as garotas são como quaisquer irmãs: implicam uma com a outra, mas se amam e se defendem. E também guardam um segredo terrível como só irmãos conseguem guardar. Um segredo que esconde o que acontece quando seu pai, um religioso fanático, tranca a porta de casa. No entanto, quando a ousada Hephzibah começa a vislumbrar a possibilidade de escapar da opressão em que vive, os segredos que rondam sua família cobram-lhe um preço alto: seu trágico fim. E só Rebecca, que esteve o tempo todo ao lado da irmã, sabe a verdadeira causa de sua morte... Hephzi sonhara escapar, mas falhara. Será que Rebecca poderia encontrar, finalmente, a liberdade?



Sinopse: Harper Montgomery vive ofuscado pela tristeza. Desde a morte de sua mulher, há 12 anos, ele aprisionou-se em uma pequena cidade, Dois Rios, onde todo mundo se conhece, porque ali — justifica-se — poderia criar melhor sua única filha. Atormentado pelo desgosto, Harper prefere esconder-se. Mas a verdade é que a morte de sua mulher é somente um dos motivos de sua dor. Além de sofrer por sua perda, ele se sente culpado por um ato abominável: quando mais jovem foi cúmplice de um crime brutal e sem sentido. Há muito sentimento em jogo quando se trata de sua vida cheia de remorsos... Então, um acidente de trem oferece a Harper a chance de redenção: uma das sobreviventes, uma menina de 15 anos, grávida, precisa de um lugar para ficar, e ele se oferece para levá-la para casa. No entanto, a aparição dessa menina, Maggie, não tem nada de simples acaso, talvez, ela tenha alguma coisa a ver com o crime do qual ele participou um dia.

Sinopse: O quanto uma mudança de cidade pode afetar uma vida? Você acredita em alma gêmea? Como você se sentiria se não gostasse do grande amor da sua vida? É o que Flávia vai descobrir ao deixar Lavras, onde mora com os tios desde o acidente que matou seus pais, quando era criança. Aos dezoito anos, ela decide estudar Agronomia na Universidade Federal de Viçosa, trocando o sul de Minas pela Zona da Mata do mesmo Estado na esperança de uma "mudança de ares". Em sua nova vida, ela conhece Sônia, amiga de infância de sua mãe e agora sua vizinha, que lhe conta a história de sua família materna, até então desconhecida para Flávia. Embora o passado não seja sua maior preocupação, Flávia reluta em aceitar seu destino e ainda precisa superar uma paixão não correspondida pelo seu melhor amigo. Para se ver livre dessa rejeição, ela tenta atrair sua alma gêmea para Viçosa e descobre que o grande amor de sua vida é uma pessoa que ela não suporta.







Sinopse: Lacey Lancaster sempre quis ser esposa e mãe. No entanto, depois de um divórcio bastante doloroso, ela decide que é hora de dar um tempo em seus sonhos e seguir sozinha mesmo. Mas não tão sozinha: sua gatinha abissínia, Cléo, torna-se sua companhia de todas as horas. Até é uma vida boa — um pouco aguada, é verdade — a de Lacey. A não ser por seu escandaloso vizinho, Jack Walker. Quando Jack não está discutindo, sempre em voz muito alta, com sua namorada — com quem insiste em morar junto — está perseguindo seu gato, chamado Cão, pelos corredores do prédio. E Cão está determinado a conseguir que a gatinha Cléo sucumba aos seus avanços felinos. Jack e Cão são realmente muito irritantes. Mas acontece que a primeira impressão nem sempre é a que fica...




Sinopse: Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela — e já ganhou até prêmios na categoria “Melhor Blog sobre Estilo de Vida” pelo e Guardian e um Bloggie Award. Adora balas Haribo, moda (a que ela cria, comprando em brechós) e colorir (ou descolorir totalmente) os cabelos. Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana — mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável. Mas, certamente, ela não olharia duas vezes para Michael. Porque Michael é o oposto de Jeane. Ele é o tipo de cara que namoraria a garota mais bonita da escola. E compra suas roupas na Hollister, na Jack Wills e na Abercrombie. Além disso, diferente de Jeane, que é autossuficiente, Michael é completamente dependente do pai, o Clínico Geral que condena açúcar, e ainda permite que sua mãe compre suas roupas! (Embora, para Jeane, o pior mesmo sobre Michael é que ele baixa música da internet e nunca paga por isso). Jeane e Michael têm pouco em comum, além de algumas aulas e uma maçante dupla de “ex” — Scarlett e Barney. Mas, apesar disso, eles não conseguem se desgrudar desde que ¬ ficaram pela primeira vez.

Sinopse: Então você se arrumou toda para uma noite de amigas, daquelas onde só as mulheres participam, mas suas amigas mudaram de planos sem avisar e, agora, você está sozinha em um bar superbacana, arrumada e perfumada, e sem saber bem para onde ir... O que você faz? Aproveita que já está por ali, pede uma tequila e dá uma boa olhada no yuppie que está na mesa ao lado? Ou pede uma cerveja e vai pra perto do palco arrebatar o baterista? Pode ser que você prefira uma paquera com o rapaz de botas de bico fino e músculos trabalhados que está encostado à parede. Ou, quem sabe, tomar um café com o bombeiro que está cuidando da segurança dos clientes e que, neste instante, está verificando o funcionamento do extintor... E isso tudo só pra começar! A escolha é sua — e você tem um mundo de possibilidades nesta noite que parecia começar mal! Só não espere que esta experiência seja como outra qualquer, porque esta noite ficará definitivamente marcada em sua memória de erotismo e paixão. Divirta-se com esta definitiva experiência sensual onde você, e só você, terá o controle de seu próprio prazer.

24 setembro 2013

Capas com: Ruivas


Oi gente.
Hoje eu vim trazer algumas capas! Sou completamente apaixonada por capas e comecei essa coluna aqui no blog faz um tempinho já e essa é minha segunda postagem, dessa vez eu escolhi algo que eu amo: Cabelos vermelhos. Para ser sincera quando vejo alguém com cabelos vermelhos bem tratados na rua eu fico olhando, então imagina quando vejo um belo ruivo em uma capa.
Eu escolhi diversas capas que tem alguma ruiva, espero que gostem.

22 setembro 2013

Resenha: Depois dos Quinze



Autora: Bruna Vieira
Editora: Gutenberg
Número de páginas: 200
Ano: 2012
Avaliação: ☆☆☆☆☆



Sinopse: Bruna Vieira tem 18 anos, é colunista da Revista Capricho e dona de um blog chamado Depois dos Quinze. Começou a escrever porque descobriu que o amor da sua vida era na verdade o amor de uma das centenas de fases que ela já viveu. Desde então, com a ordem das palavras escritas e compartilhadas nas redes sociais, Bruna superou a timidez, viajou para a Europa, fez duas tatuagens, mudou de vez para São Paulo e tornou-se uma das adolescentes brasileiras mais influentes da internet com milhares de fãs-leitoras-amigas-seguidoras. Nesse livro você encontra uma mistura de histórias, desabafos e segredos de uma garota que nasceu no interior, ama animais, usa boinas coloridas e ainda acredita no amor simples e verdadeiro.


Esse livro é um apanhado de vários  pequenos textos que a autora foi escrevendo ao longo da sua adolescência. E não se engane se você for pegar o livro para ler achando que é algo mirabolante/ magnifico.
Não, você está errado. Melhor parar por ai mesmo!

Esse livro é simples, pequeno e delicado. Fala de amor, de perdas, de histórias dramáticas bem estilo mexicano aonde tudo é uma tempestade em um simples copo de água, os hormônios estão a flor da pele e o drama "corre solto". Mas quem aqui nunca passou ou está passando pela fase difícil do amor adolescente? Aonde tudo parece ser multiplicado por mil e você acha que a qualquer momento tudo pode acabar para sempre, então que atire a primeira pedra.


Porque ele é bem dramático,e foi por isso que gostei dele.
Vi muitos leitores criticando sobre ser tudo um pouco do mesmo (referente ao blog), mas minha gente, pensem comigo: além de ser o primeiro livro, é um apanhado de textos soltos sobre as várias fases de amores sofridos que a autora teve em sua adolescência, vocês queriam o que??
A autora acabou criando o blog Depois dos quinze por causa de um termino de relacionamento e lá colocava seus pensamentos através de palavras.

Eu achei os textos bem interessantes, me lembrei de todos os meus problemas amorosos, de todo o drama mexicano que era minha vida , concordei com muita coisa, entendi muita coisa e sorri em diversos momentos.
O livro foi comparado com auto ajuda por alguns leitores, discordo dessa ideia. Achei que o livro pareceu um pequeno diário com reflexões de alguém que quebrou muito a cara e tem a mente cheia de pensamentos sobre sua vida amorosa, pequenos conselhos para garotas que sofrem de paixões avassaladoras momentâneas que parecem ser eternas.

Adorei a diagramação do livro, tudo nele é muito fofo e dentro possui algumas páginas coloridas com fotos e textos.
Acho que o fato de ter sido feito todo um "alvoroço" por esse livro fez com que muita gente "quebra-se a cara" (só vejo reclamação no skoob), mas se for um livro para ler sem expectativa, só com o coração aberto para uma leitura leve, sim ele é uma ótima pedida.

20 setembro 2013

Tag: Marcador


Oi gente. Eu estava passando por um blog de uma amiga, e vi essa tag, então resolvi trazer para vocês.
Eu tenho alguns marcadores, não tantos quanto eu queria, mas espero conseguir aumentar minha coleção logo.
E vocês, gostam de marcadores? Fazem coleção?? Se fizerem essa tag, podem comentar com o link da postagem aqui para eu dar uma olhadinha ok??
Vamos as respostas.

18 setembro 2013

Sobre a autora: Cassandra Clare




Cassandra Clare
Cassandra Clare, pseudônimo de Judith Rumelt, é filha de pais norte-americanos, nascida em Teerã, no Irã. Passou grande parte de sua infância viajando pelo mundo com sua família. Viveu na França, Inglaterra e Suíça antes de completar dez anos de idade. Com as frequentes mudanças de sua família, Clare encontrou familiaridade nos livros e sempre encontrava-se com um debaixo do braço. Estudou em um colégio de Los Angeles, onde ela costumava escrever histórias para divertir seus colegas, incluindo um romance épico chamado "The Beautiful Cassandra", baseado na história homônimo de Jane Austen.Após a faculdade, Clare começou a trabalhar em inúmeras revistas de entretenimento e tabloides, incluindo The Hollywood Reporter. Em seu tempo livre, escrevia fanfics de Harry Potter.Ela também é amiga da escritora Holly Black, e seus livros ocasionalmente se coincidem, com Clare mencionando personagens dos livros de Black e vice-versa.


Abaixo vocês podem conferir o que autora já escreveu.

Atualmente teve um filme lançado sobre o seu livro Cidade dos ossos, e eu ainda não pude assistir, o que me deixa muito triste. Caso eu assista coloco o que eu achei aqui no blog.

Para saber mais sobre a autora eu conheço um site brasileiro dedicado a ela, e espero que vocês gostem.
Lá podem conferir muitas coisas e todas as redes sociais da autora. Aproveitamos para ficar de olho pois está rolando um boato que a continuação do filme pode ser cancelada, o que deixou muito fã triste, mas vamos torcer para que seja apenas um boato. 
Obs: Informações retiradas do site do Wikipédia e do site Idris.

17 setembro 2013

Ilustrações minimalistas com: Christian Jackson


Bom dia.
Hoje resolvi trazer algumas ilustrações minimalistas bem legais que o ilustrador Christian Jackson fez sobre as histórias infantis.
Eu estava visitando o site O verso do Inverso, quando me deparei com as ilustrações, então os devidos créditos dessa postagem ao site (visitem aqui).
Bom, vamos conferir as imagens.


Chapeuzinho vermelho


Cachinhos dourados e os três ursos


A princesa e a ervilha


Pinóquio 



O flautista de Hamelim




Branca de neve


O mágico de Oz



Mary Popins

Os três porquinhos


 Alice no país das maravilhas


João e Maria


Rapunzel 

Rumpelstiltskin



O patinho feio

Quais ilustrações mais chamaram a atenção?? Me contem tudo gente.
Vou me despedindo por aqui, pois vou visitar os blogs, atualizar umas coisas, comer e ir trabalhar.

Wishlist: Especial de Casamento



Oi gente.
Dia 16 (ontem), fiz dois anos de casada no civil (em dezembro faço no religioso). Não poderia deixar faltar aqui minha lista de desejos, inclusive já retirei dois itens de listas anteriores.
Ultimamente não tenho desejado tantas coisas como antes, mas o pouco que eu quero as vezes é difícil de conseguir da noite para o dia.

1- Livro Depois dos Quinze.
2- Bolsa de franja preta (ou azul).
3-Bloco de notas de quadrinhos Já consegui!!
4- Mochila de oncinha.
5- Coleção de varinhas dos filmes do Harry Potter.

Lançamento: Formigueiro de Myrakãwéra



Editora Biruta lança Formigueiro de Myrakãwéra
No mais novo lançamento da Editora Biruta, um local amaldiçoado é explorado por dois jovens índios, que encontrarão algumas criaturas diferentes, como formigas gigantes e mortos-vivos. Trata-se do livro Formigueiro de Myrakãwéra, escrito por Yaguarê Yamã e ilustrado por Uziel Guaynê Oliveira.
O pano de fundo do livro é uma lenda indígena sobre a região que dá nome ao livro. Antes um local sagrado, tornou-se amaldiçoado por um feitiço lançado por um jovem pajé. Myrakãwéra é um local perigoso, e será palco das aventuras dos dois índios. O conhecimento dos mais velhos é uma máxima que dá o tom da narrativa.
A história é instigante e consegue transportar o leitor para uma realidade diferente, em que ele entrará em contato com outros aspectos da cultura brasileira. Tanto o autor quanto o ilustrador descendem de uma das tribos citadas no livro – o povo maraguá - e conseguem reconstruir a lenda de forma envolvente.
As ilustrações criam um diálogo coerente com a história ao fazer referência às cores e formas indígenas. Elas vêm dispostas num projeto gráfico instigante, característico da Editora Biruta. Com o livro, os leitores poderão conhecer essa lenda e, através dos elementos visuais, conhecer um pouco mais da cultura desses povos indígenas.

Sobre o autor
Ozias Gloria de Oliveira Yaguarê Yamã é escritor, ilustrador, professor e líder indígena. É filho do povo maraguá e descendente do povo sateré-mawé. Formou-se em Geografia pela universidade de Santo Amaro – UNISA, em São Paulo, onde lecionou no ensino público e iniciou a carreira de escritor.

Sobre o ilustrador
Uziel Guaynê Oliveira é artista plástico, escultor e ilustrador indígena nascido no Amazonas e filho do povo maraguá. Faz parte do NEArIn, Núcleo de Escritores e Artistas Indígenas do Brasil. Já ilustrou diversos livros e ministrou aulas de artes no interior do Amazonas.

Sobre a Editora Biruta
A Editora Biruta, criada no ano de 2000 pelas sócias Eny Maia e Mônica Maluf, tem seu foco na Literatura Infantil e Juvenil.  Os seus livros já receberam diversos prêmios, como o Altamente Recomendável da FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil) e o Jabuti, além de terem sido inseridos em catálogos internacionais e selecionados pelo PNBE (Programa Nacional de Bibliotecas Escolares). A proposta da Editora Biruta é a de oferecer aos seus leitores o melhor texto, ilustrações criativas e projetos gráficos instigantes, por meio de temas que lhes acrescentem novas vivências e se abram a múltiplas interpretações – sempre de maneira lúdica e inventiva.
Formigueiro de Myrakãwéra, Yaguarê Yamã, ilustrações Uziel Guaynê Oliveira, a partir de 11 anos, R$35

15 setembro 2013

Resenha: Tipo destino


Autora: Susane Colasanti
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 288
Ano: 2013
Avaliação: ☆☆☆

Sinopse: Lani e Erin são melhores amigas, embora não tenham muito a ver uma com a outra. Lani é uma taurina tranquila e Erin é a impetuosa leonina. Uma adora Astrologia (e outras artes adivinhatórias também) e ficar em casa; a outra gosta de pessoas e baladas. Suas preferências — incluindo pizzas e meninos — são bastante diferentes, ou eram, até que Erin começou a namorar Jason… Assim que Lani conheceu o namorado de Erin, sentiu uma enorme conexão com ele. Uma sensação de que já se conheciam a vida toda. E, apesar de acreditar que ele sentia o mesmo, ela sempre soube que Jason estava fora de cogitação, afinal, ele era quem ele era! Ela decidiu ignorar seus sentimentos. Não importava o quanto quisesse ficar perto de Jason, nada a demoveria da ideia de se manter distante dele. Então, Erin viajou durante todo o verão…

No livro conhecemos Lani, uma garota apaixonada por conhecimento acerca do "destino" (horóscopo, tarô, astros e afins), gosta de cuidar do meio ambiente e tem ótimos pais (pelo menos eu gostei do pai dela).
Erin é melhor amiga de Lani. Ela é popular, bonita, e achei ela um pouco egoísta, sei lá eu já não gostei muito dela logo de cara. Deve ser porque Lani gosta de coisas tranquilas, é um personagem que a gente se identifica sabe já a outra não é alguém que eu conviveria, deve ser por isso que não gostei dela.

Temos Blake, amigo das duas e que trava uma terrível batalha em não "sair do armário" com medo do que o pai vai dizer/fazer. 
E bom, temos o pivô da situação toda, Jason. Ele é o cara que acaba namorando Erin, mas não tem muita coisa incomum com ela, ele e Lani praticamente nasceram um para o outro. Gostam das mesmas coisas, entendem um ao outro, tem os mesmos pensamentos e isso faz com que os dois acabam ficando muito próximos.

Erin não liga para o fato de Lani sempre almoçar com Jason, pois quer que eles se deem bem, afinal ela quer saber o que ele acha dela, dentre outras coisas. 
Então Erin acaba viajando por alguns meses, nesse momento é quando Lani se vê em momentos terríveis, pois está apaixonada por Jason, mas o está evitando tentando ser fiel a amiga. Até quando isso vai durar?? Será que eles ficam juntos??

O livro é bem divertido, com tiradas sarcásticas bem leves em alguns momentos (gostei dessa parte). É o tipo de livro para ler em uma tarde de domingo e descansar um pouco. O livro vai caminhando de forma tranquila com a história, gostei muito da forma como foi escrito e com certeza essa autora leva jeito para escrever livros voltados para o público adolescente, esse é o segundo livro que eu já li dela. 
Gostei da diagramação. Temos algumas páginas com frases antes de começar os capítulos. Não são todos, bom cada parte é dividida por meses e tem algumas frases, ai segue os capítulos que se passaram naqueles meses e depois vem a outra parte. Como se realmente estivéssemos seguindo a vida da Lani dividida em três partes, se é que deu para entender...

Não achei nenhum erro de ortografia no livro, então para mim a revisão está boa.
Agora as partes negativas: Em alguns momentos achei a Lani um pouco parada, e as vezes meio besta por causa de algumas situações que a Erin criou, confesso que eu já teria dado um tapa ou um soco na cara da Erin. 
Também achei que faltou um pouco mais de intensidade na história, por isso dei três estrelas, pois achei algumas coisas superficiais demais. Bom, desejo para quem for ler esse livro que seja uma boa leitura. 

13 setembro 2013

Resenha: A menina que sonhava com os pés




Autor: Cristian David
Editora: Gaivota
Número de páginas: 31
Ano: 2013
Avaliação: ☆☆☆☆☆


Sinopse: Ana adorava andar de cá para á com seus sapatinhos coloridos. Até que um dia, ela ganhou de seus pais um par que a acompanharia em uma nova experiência: a ida à escola. No começo foi meio assustador, mas logo ela aprendeu um jeitinho especial de colorir tudo. Quer descobrir como?



O livro nos mostra a história de Ana, uma garotinha que ama seus sapatos coloridos e tem uma imaginação a mil. Os pais de Ana trazem a noticia que a mesma irá começar a frequentar a escola, então ela não sabe como reagir, mas acaba sorrindo porque achava que essa era a reação esperada pelos pais.

Temos a professora de Ana que  é uma senhora rígida e ao meu ver, acaba fazendo os alunos ficarem contidos e bloqueados, pois a mesma não sorri, não deixa as crianças a chamarem de qualquer forma diminutiva de seu nome para não "faltar com o respeito", pois ela é uma professora, ou seja, eles não podem ter muita intimidade com ela.

Tudo começa a mudar na vida dos alunos quando a professora se afasta por causa de uma doença e a professora substituta vem para alegrar tudo ao seu redor.
O livro tem uma história simples, meiga e cativante mesmo sendo rápida.
Apesar de não ter sido tão grande quanto eu gostaria eu gostei do final. E as ilustrações dentro do livro estão de parabéns,são muito lindas.
É um livro recomendado para crianças, porém não quer dizer que um adulto não possa ler e amar a história assim como eu.

12 setembro 2013

Comunicado importante: Promoções.


Oi gente.
Hoje eu vim aqui por meio dessa postagem anunciar a posição da editora novo conceito acerca dos sorteios que estavam ocorrendo com os kits de livros.
Seguindo a nova lei imposta pelo governo portaria 422/2013 publicada em 18/07/2013 nós não podemos realizar sorteios, então a novo conceito liberou ontem para os parceiros as novas regras que vão funcionar a partir de então.
Uma delas é que só receberemos um livro para ler e resenhar!
Então infelizmente não poderei sortear nada a partir de hoje, pois estarei sujeita a cancelamento da parceria referente aos livros da editora. Mas e as outras editoras que você não tem parceria? Bom, também não irei sortear nada delas também, pois estarei sujeita a denuncia e a editora pagará multa por isso.
Enquanto aos blogs que estão sorteando? Bom, algumas editoras nem ligam para essa lei, outras estão temerosas,mas continua tudo na mesma. E os blogueiros estão vivendo suas vidas e não pensando nas consequências, e eu não me importo se fulano está ou não sorteando, isso é com ele, eu não vou sortear mais e ponto final.
É triste isso, pois os sorteios animavam o blog, incentivavam as pessoas a comentar interagir, e como não vai mais ter (talvez se a editora liberar concursos culturais em um futuro próximo tenha prêmios por aqui) tenho certeza que muita gente vai parar de comentar. Porque somos assim, só fazemos algo quando vamos ganhar algo em troca, e quem não quer um livro novo não é?
E agora? Bom, muita coisa mudou. As novas normas em relação as resenhas, o fato de muitos parceiros estarem vendendo os livros de cortesia (eu já denunciei isso perante a editora novo conceito e mais algumas amigas) e agora será terminantemente proibido a venda, sujeito a cancelamento de parceria. O que eu achei muito bom!
Enfim, então pequenas mudanças irão surgir por aqui. Talvez vocês não vejam nada de diferente, mas alguns vão notar.

Tenham um bom dia!

10 setembro 2013

Li até a página 100: Tipo destino


 Primeira frase da página 100:
- Achei que havia entregado na semana passada.

Do que se trata o livro:
O livro fala de uma garota que é muito ligada a sua melhor amiga, é viciada em saber sobre o seu destino, fica pesquisando sobre tarô e afins, porém acaba descobrindo que está ficando afim do namorado da amiga. Será que eles são alma gêmeas unidas pelo destino?

O que está achando até agora?
Bom. Tipo, não é o melhor livro da minha vida, mas também não é ruim. É uma boa história para passar o tempo. A escritora tem a mesma pegada no estilo dos outros livros que ela já escreveu, então estou vendo aonde esse livro vai dar.

O que está achando dos protagonistas?
Bom, gosto da Lani (a narradora), é legal e tudo mais. Uma adolescente com características que eu apreciei, espero que tudo de certo para ela. Mesmo que seja ruim ficar afim do namorado da amiga.

Melhor quote até agora:
Confesso que acabei não marcando nada até agora, esqueci desse detalhe!

Vai continuar lendo?
Com certeza.

Última frase da página 100:
- Ah, desculpe... eu não tenho nada para fazer depois da aula.

Então é isso meus caçadores de coelhos raivosos (olha a viagem!!), até a próxima postagem.

07 setembro 2013

Lançamento: Tempestade de Areia, na Leparole


Oi gente, olha mais uma novidades :)
O livro da Karen vai ser lançado em Campo Grande, e digo uma coisa apra vocês vale a pena a leitura, só não vão com tanta sede ao pote, a Karen tem a mania de te deixar viciado e depois triste pois o livro acaba (haha), ok brincadeira a parte o livro vale a pena, eu já li a versão betta e amei, espero esses dias pegar o meu exemplar na caixa postal e mostro para vocês!
Segue abaixo os dados do lançamento:

- Data: 19/09 (quinta-feira)
- Horário: 19:00
- Local: Leparole (Rua Euclides da Cunha, 1.126 - Campo Grande/MS)


Link do evento no facebook para mais informações é só clicar!


Sanctus Filius - O LEGADO DE UM SANTO

Oi gente, venho nessa noite se sábado fazer uma pequena divulgação de um livro, espero que gostem.

Sinopse:  Com a aproximação dos anos de 1999 e 2000, alguns religiosos e seguidores de filosofias radicalistas declaravam o início do fim de tudo que se conhecia.
Profecias sobre o fim do mundo eram divulgadas em todo o globo, mas a maioria da população mundial tratava tais informações como algo sem valor. Porém, muitas opiniões foram mudadas devido a sucessivos eventos envolvendo um grande número de exorcismos realizados por sacerdotes de alguns seguimentos religiosos.
O que ninguém sabia é que a chegada do novo milênio seria marcada por algo extremamente majestoso e maligno. Para uma organização secreta de bruxos, os seguidores de Lúcifer, o ano de 2000 seria um ano de muitas alegrias, já que a partir daquela data nada mais seria como antes, e logo a ascensão total do Mal na Terra chegaria com o terceiro milênio.
Charllys, um padre romano que carrega um estranho segredo, não conseguia admitir que os diversos casos de possessões pudessem ser algo sem significância maior. Era notável que o mundo sobre-humano estava descortinando-se cada vez mais e que a fé era a arma mais poderosa para enfrentar aquela nova realidade.

Sobre o autor:

Roger nasceu na cidade do Rio Grande, no sul do Rio Grande do Sul, em junho de 1992. Tendo as produções cinematográficas, a literatura e a arte das animações japonesas como fonte de diversão e inspiração, decidiu criar sua própria obra, uma aventura elaborada a partir do medo de muitos – O FIM DO MUNDO. Roger é graduando do curso de Química da Universidade Federal do Rio Grande. Sempre teve interesse em temas relacionados à religiosidade, ciência e lendas. 

Quer comprar o livro??
Clique aqui e de uma olhadinha aonde está vendendo.

Lançamento: Anúncios carentes de bichos abandonados por gente

Anúncios carentes de bichos abandonados por gente
Toda criança tem vontade de ter um bichinho de estimação. Eles enchem a casa de alegria, de latidos e de amor.
 Mas... e aqueles bichanos que foram abandonados? Eles também desejam ser amados e ter uma casa para chamar de sua. Para que esses animaizinhos consigam ser ouvidos, o autor Almir Correia criou mais um livro para a coleção Poemas Birutinhas, publicada pela Editora Biruta: Anúncios Carentes de Bichos abandonados por gente.
 Nele, há anúncios de todos os tipos de bicho, que tentam conquistar o amor de possíveis donos e amigos para, assim, serem adotados. Os gatos, cachorros e pangarés oferecem recompensas: de mordidas carinhosas e lambidinhas até um prato de estrogonofe – uma oferta do cavalo Galope.
 De maneira muito engraçada, marca registrada de Almir, os anúncios, em forma de poemas, ganham força com as belas ilustrações do artista plástico Rubens Matuck. A Editora Biruta, que sempre prima pela qualidade de suas obras, ajuda os bichinhos a mandarem o seu recado; afinal, só estão pedindo um pouco de amor, respeito e, é claro, um dono:

 “Sou Duque

 Viro lata

 Viro balde

 Viro até pneu

 Mas se você quiser

 Não viro nada

 Só pra você

 Ser dono meu.”


 Sobre o autor
 Almir Correia é escritor, professor e videomaker. Publicou pela Editora Biruta na Série Poemas Birutinhas: O Trem Maluco (2008), Meu Poema Abana o Rabo (selecionado para o Catálogo de Bolonha FNLIJ 2005), Com o Rei na Barriga e Anúncios Amorosos dos Bichos, os três últimos selecionados para o PNLD em 2004. Anúncios Amorosos dos Bichos foi selecionado como Altamente Recomendável pela FNLIJ em 2006.

 Sobre o ilustrador
 Rubens Matuck é artista plástico, escultor, escritor e faz desenho gráfico. É autor de mais de trinta livros infantis, e em quinze deles cuidou não só das ilustrações como também do texto. Pela Editora Biruta já publicou diversos livros, pelos quais já recebeu diversos prêmios.

 Sobre a Editora Biruta
 A Editora Biruta, criada no ano de 2000 pelas sócias Eny Maia e Mônica Maluf, tem seu foco na Literatura Infantil e Juvenil.  Os seus livros já receberam diversos prêmios, como o Altamente Recomendável da FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil) e o Jabuti, além de terem sido inseridos em catálogos internacionais e selecionados pelo PNBE (Programa Nacional de Bibliotecas Escolares). A proposta da Editora Biruta é a de oferecer aos seus leitores o melhor texto, ilustrações criativas e projetos gráficos instigantes, por meio de temas que lhes acrescentem novas vivências e se abram a múltiplas interpretações – sempre de maneira lúdica e inventiva.
  Anúncios Carentes de Bichos abandonados por gente, R$ 35, a partir de 5 anos.

04 setembro 2013

Resenha: Não posso me apaixonar



Autora: Bella Andre
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 302
Ano: 2013
Avaliação:  ☆☆☆

Sinopse: Gabe Sullivan é um bombeiro de São Francisco que arrisca sua vida todos os dias. E sabe, por experiência própria, que não deve se envolver com as vítimas de incêndios. Megan Harris admite que deve tudo ao heroico bombeiro que entrou no prédio em chamas para salvar sua filha de sete anos. Ela lhe deve tudo, exceto seu coração, pois, após perder o marido, cinco anos antes, jurara nunca mais sofrer por amor e pela perda.Contudo, quando Gabe e Megan se reencontram e as chamas incontroláveis do desejo se acendem, como ele poderia ignorar a coragem, a determinação e a beleza dela? E como ela poderia negar não apenas o forte vínculo de Gabe com sua filha, mas também a maneira como seus beijos carinhosamente sensuais a induziam a colocar em risco tudo o que manteve por tanto tempo?A atração entre Gabe e Megan é irresistível, e se ambos não forem cuidadosos, correm o risco de se apaixonar.

Gabe tem uma chamada de emergência para comparecer com urgência a um incêndio e acaba saindo da reunião de família (no segundo livro),é ai que o nosso terceiro livro começa.
Gabe sai para atender uma chamada de um incêndio que está muito violento e acaba sabendo por uma das vitimas que ainda tem uma mulher e sua filhinha dentro de um dos apartamentos, o mesmo acaba voltando para o perigo em sua busca para encontrar as duas com vida, e para a sorte delas são resgatadas com muito sacrifício.

Gabe fica impressionado com Megan. Sua força, sua determinação em se preocupar com a filha e ajudar no que for necessário faz ele se sentir orgulhoso, pois qualquer pessoas já teria desmaiado naquela circunstância. 

“Ele encontrou Megan e Summer- Megan, você se saiu bem, muito bem – disse a ela através da máscara. Os olhos dela estavam tão arregalados e tão assustados que ele sentiu um aperto no peito. – Vou ajudar você e Summer a sair daqui agora.” Página 10
Depois de tudo, Megan acordou no hospital, viu que estava tudo bem com a filha e ficou feliz por estar viva. Tentou resolver tudo com a companhia de seguros e foram se hospedar em um hotel até conseguir ajeitar tudo ao seu devido lugar, afinal o incêndio havia lhe tirados os bens materiais. 
Ela acabou sentindo vontade de agradecer ao bombeiro que a salvou, e soube que ele se machucará, então mais um motivo para visita-lo, apesar de ter saído de hospital com um pouco de raiva pois o bombeiro foi um pouco ríspido com ela em sua visita. 

Mas como sempre o destino dos Sullivans é cheio de surpresas e a vida dos dois já estava entrelaçada. 
Sua filhinha Summer acabou ficando um pouco obcecada com Gabe e queria sempre saber sobre os bombeiros, sobre ele e queria visita-lo de novo. Megan cedeu aos desejos de Summer e foi visitar o corpo de bombeiros junto com a filha e lá encontrou Sophie, irmã de Gabe que por sinal era amiga de Megan na faculdade.

Pelo visto o destino estava os unindo a cada dia um pouco mais.
Confesso que fiquei um pouco irritada algumas vezes quando Gabe ficava lembrando de como Megan havia sido forte, de como ele não se envolvia com vitimas de acidentes perigosos desse tipo, porque seu ultimo relacionamento que envolveu uma garota que ele salvou por pouco não acabará em uma tragédia.
Vemos Megan se sentindo atraída demais por ele e ao mesmo tempo cheia de "não me toques" depois de se entregar a momentos ardentes com o moço. Tudo isso porque já havia sofrido muito pois estava viúva de um militar da marinha que morreu em um acidente, então ela jurou a si mesma que nunca mais se envolveria com homens de profissões perigosas e Gabe era um desses homens.

No livro temos a pequena Summer, que as vezes achei um pouco chatinha, vai ver não me acostumei com a ideia de ter uma criança  no livro, enfim ela faz de tudo para poder ver Gabe e aproximar ele de sua mãe.
O livro foi tranquilo, um pouco chato em alguns momentos, mas bom na medida do possível.
É um livro aonde os personagens vencem barreiras, e tentam ter uma relacionamento mesmo quando um deles acaba pirando e dizendo que não quer nada sério com o outro.
Acho que fui muito rápido e achando que iria amar. Bom, eu não odiei, mas também não foi o livro do ano.