31 outubro 2013

Projeto: Esqueça um livro !


Oi gente, hoje é uma data muito especial que eu tenho um apreço muito grande. O famoso dia das bruxas!
Hoje eu vim aqui para compartilhar esse projeto com vocês, e espero que um dia vocês pratiquem o desapego.
Esse projeto consiste na seguinte coisa: você pega um dos seus livros (vamos praticar o desapego literário gente) e deixa em algum lugar público para que uma pessoa ache.
Esse projeto começou em 2011 nos Estados Unidos, mas quem trouxe para o Brasil foi o Felipe Brandão e em cada livro ele deixa uma dedicatória “Se você achou esse livro, ele é seu! Ele é para você! Leia e passe adiante. Se quiser, entre em contato pelo facebook Esqueça um livro“.
Para quem quiser ver um vídeo aonde o Felipe explica um pouco sobre o projeto vou deixar no final da postagem e se quiserem curtir a página do facebook aqui.



E ai, vamos praticar o desapego literário e incentivar a leitura?? 

29 outubro 2013

Resenha: Primeiros Socorros Para Fadas e Outras Criaturas Fabulosas



Autora: Lari Don
Editora: Rai
Número de páginas: 208
Ano: 2011
Avaliação:  ☆☆☆

Sinopse: Em uma mistura maravilhosa de fábula e ficção, entremeada por uma corrida emocionante por diversas paisagens da Escócia e acompanhada por uma série de criaturas da mitologia e do folclore escoceses, Lari Don conta a história de Helen, uma garota que sonha ser violinista e que, de repente, se vê no meio de uma grande aventura na qual deverá ser capaz de desvendar enigmas e ajudar seus novos e estranhos amigos a reparar os danos causados por uma brincadeira tola que resultou na perda do lendário Livro Fabuloso, o qual deve ser encontrado impreterivelmente antes do Solstício de Inverno.

Temos Helen, uma jovem que embarca nessa aventura um pouco louca e sem pé nem cabeça, afinal o que você faria se visse um centauro machucado pedindo ajuda na clinica veterinária da sua mãe?
Yann o orgulhoso centauro acaba ficando machucado e vai ao encontro da veterinária humana mais próxima, afinal ele se meteu em uma verdadeira confusão e não pode contar com os poderes curativos de seu povo, pois isso acarretaria em dizer como ele conseguiu o machucado e esse fato tem que ficar em segredo. Helen acaba ajudando a costurar seu machucado (e não avisa a mãe que tem uma criatura mágica em seu consultório, e afinal, quem acreditaria??) e ele promete a ela que atenderá a um pedido. A garota acaba pedido algo que envolve saber como ele conseguiu o machucado e o que está acontecendo, mas ele não conta de imediato, diz que irá voltar a casa dela no dia seguinte, e se der tudo certo atenderá seu pedido.

Nossa história vai tomando proporções maiores a cada dia, acabamos conhecendo uma fada, uma selkie, um dragão fêmea, uma fênix e todos eles estão ligados ao misterioso: Livro Fabuloso.
Mas afinal o que é O livro Fabuloso? Por que ele foi perdido? Por que é tão importante? E afinal se esse livro cair em mãos erradas, como por exemplo nas mãos do Senhor do Labirinto que está na cola dessas criaturas, o que será que vai acontecer?

Helen decide ajudar seus amigos mágicos a encontrar o livro e livrar o mundo tanto humano quanto mágico de coisas terríveis, e para isso deverá se juntar em pequenas missões no cenário escocês, que por sinal eu adorei... achei bastante criativo como tudo foi colocado.
Será que meus pequenos bravos conseguirão recuperar o livro antes do solstício aonde aos anciões precisam consultar o livro fabuloso para ajudar a manter a ordem no mundo mágico? E o que acontecerá ao terrível Senhor do labirinto?

Esse livro tem uma história bem simples e meiga, de um ar infantil adorável cheio de pequenas aventuras. É um livro com uma diagramação muito bonita e recomendado para todas as idades. Perfeito para um momento de descontração.
Um  livro que fala sobre amizade, confiança, provações e que me fez passar bons momentos em uma leitura bastante agradável.

23 outubro 2013

Resenha: Ecos da Morte


Autora: Kinberly Derting 
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 272
Ano: 2011
Avaliação: ☆☆☆☆

Sinopse: Violet Ambrose tem dois problemas – o dom mórbido e secreto que carrega desde a infância e Jay Heaton, seu melhor amigo, por quem está apaixonada. Aos dezesseis anos e confusa com os novos sentimentos em relação a Jay, ela começa a ficar cada vez mais incomodada com sua estranha habilidade – Violet encontra cadáveres. Desde pequena ela percebe os ecos que os mortos deixam neste mundo. Ruídos, cores, cheiros. Mas não todos, apenas os das vítimas de assassinato. Para ela, isso nunca foi um grande talento. Na maioria das vezes, tudo o que encontrava eram pássaros mortos, deixados para trás pelo gato da família. Mas, agora que um serial killer está aterrorizando a pequena cidade onde mora e os ecos das garotas assassinadas a perseguem dia e noite, Violet se dá conta de que talvez seja a única pessoa capaz de detê-lo. Em pouco tempo ela estará no rastro do assassino. E ele, no dela.


Nessa história conhecemos Violet, uma garota que tem o incrível dom de encontrar cadáveres. Não importando se é humano ou não, e algo que eu achei bem interessante é: se você mata alguém isso deixa uma "marca" em você e é essa "marca" que Violet chama de "eco". Basicamente é a mesma coisa que um cadáver emite, que só ela é capaz de sentir e ver, as vezes dependente do eco ela escuta alguma coisa.

Existe um serial killer a solta que faz com que Violet tente ajudar a policia a descobrir (seu tio é um policial), apesar de seus pais serem contra isso e quererem que a mesma fique fora da situação.
Essa história não é apenas mórbida, mas também tem um romance bem fofo entre ela e seu melhor amigo Jay, que se vê disposto a ajuda-lá com seus planos malucos de achar o assassino.

Os pais de Violet sempre tentaram entender a vida difícil que ela leva, e tentam ajuda-la da melhor maneira possível, mas é difícil só conseguir descansar quando o cadáver que ela encontrou tem um enterro descente. Por isso a mesma quando era criança achava os cadáveres dos animais e enterrava no quintal.  Então vocês imaginam quando ela encontra um ser humano, como não deve ser difícil para ela tentar se concentrar e esperar que a família do cadáver de um enterro descente.

Os capítulos são intercalados uma hora sendo contatos pela Violet e outra hora você se vê na cabeça do assassino, por isso é bem curioso e confuso as vezes.
Gostei da personagem, apesar de não ser a melhor e mais cativante do mundo, ainda em meio a todo esse cenário vemos ela tentando levar uma vida normal de uma adolescente indo para o colégio e curtindo com os amigos.

E um conselho que eu dou ao leitor, se você acha que está tudo bem: nem tudo é o que parece. É sempre bom desconfiar de tudo e de todos nesse livro e quando menos se espera você será surpreendido.
Gostei da leitura, não achei nenhum erro e adoro o estilo da capa desse livro, inclusive o outro segue o mesmo estilo.

20 outubro 2013

Tag: Apocalipse Zumbi


 Adoro essa imagem!

Oi pessoas caçadoras de coelhos zumbis! Estou aqui para fazer a Tag literária aonde consiste da pessoa organizar um grupo para o apocalipse zumbi. Como sou bem fã desse tip ode coisa resolvi brincar um pouco e criar um grupo bem tenso para tentar sobreviver ao apocalipse zumbi.
Obs: Pode usar ou não imagem na postagem, eu escolhi essa porque eu gosto.

Resenha: Batman - A Piada Mortal



Autores: Alan Moore e Brian Bolland
Editora: Opera Graphica
Número de páginas: 48
Ano: 2002
Avaliação☆☆☆


Sinopse: Em A piada mortal, Moore explora a psicologia de Batman, Coringa e do comissário Gordon. Todas as tramas paralelas apresentadas no gibi acabam tendo Gordon como seu referencial e é o comissário que concentra a maioria das perguntas que surgem após a leitura da revista. Afinal de contas, se basta um "dia ruim" para levar a sanidade de uma pessoa, porque o mesmo não aconteceu com Gordon? Porque é que Wayne se transformou no Batman, aquele ex-comediante no Coringa e o comissário escapou ileso?


Nossa história começa com Batman chegando ao asilo para encontrar o Coringa para tentar dialogar com ele, mas acaba percebendo que a pessoa que está naquele local não é o mesmo.
Vamos vendo flashback do passado do Coringa e alternando com o futuro, o mesmo está solto e acabou de sequestrar um dos amigos do Batman, atirou na filha do homem e está “torturando” ele.
Batman conseguirá resgatar o amigo? O que acontecerá no final??

Particularmente achei o final legal, pois eu sou adepta a soluções bruscas quando nada parece dar certo! Então uma morte ou outra para resolver alguma coisa ajuda nesse meio. 

18 outubro 2013

Amin Melo em: Virgin Spider


Estava eu dando uma pesquisada e me deparei com o projeto: Virgin Spider, que foi criado pelo brasileiro Amin Melo.
Ele retrata o cotidiano do personagem homem aranha em diversas ocasiões e eu achei muito criativo, por isso resolvi compartilhar com vocês.
E para quem quiser  acompanhe o instagram @virginspider .

Lançamento: O presente

Oi gente, eu vim apresentar aqui outro lançamento da Editora Novo Conceito.

Sinopse: Se você pudesse pedir um único presente de Natal, o que pediria?
Todos os dias, o impecável executivo Lou  luta contra o tempo. Na empresa, está sempre correndo, participando
de todas as reuniões, dando ordens por telefone. É sempre o primeiro a chegar e o último a sair. Quando está em casa, sua
mente está constantemente no trabalho. Não usufrui da companhia da esposa (que, por sinal, nem sonha com as escapadas
amorosas do marido) e não vê o crescimento dos dois lhos.
Numa gelada manhã de inverno, Lou conhece Gabe, um morador de rua que passa os dias na porta do luxuoso edifício
onde Lou trabalha. Os dois começam um inusitado bate-papo, e Lou fica intrigado com os comentários de Gabe. O
mendigo é muito observador, e parece saber mais sobre as ligações perigosas na empresa do que alguém poderia supor.
Ansioso por manter o controle sobre tudo, Lou decide manter Gabe por perto e lhe oferece um emprego. Mas em pouco
tempo a presença do rapaz passa a incomodá-lo. A final, quem aguenta ter suas verdades questionadas o tempo todo?
Como argumentar contra pontos de vista tão desconcertantes?
Quando começa a entender quem é realmente Gabe e as mudanças que ele começa a provocar em sua maneira de ver o
mundo, Lou percebe que passará pela mais dura das provações.
Uma história encantadora sobre escolhas de vida que faz pensar no tempo que perdemos quando queremos ganhar tempo...
Um romance sensível, sobre o que realmente vale a pena.

SOBRE A AUTORA

Cecelia Ahern é irlandesa e, antes de se tornar escritora, formou-se em Jornalismo e Meios de Comunicação. Aos 21
anos escreveu seu primeiro romance, P.S. Eu te amo, que se tornou um best-seller e foi adaptado para o cinema. Seus romances
posteriores, O livro do amanhã e O presente,também estão nas listas de mais vendidos em todo o mundo. Os livros
de Cecelia Ahern são publicados em 46 países e já venderam,ao todo, mais de 13 milhões de cópias. Ela vive em Dublin com sua família.

Lançamento: Quero ser seu


Oi gente, estou aqui para apresentar a vocês o 6 livro da autora Bella Andre que será lançado pela Novo Conceito.

Sinopse: Ryan Sullivan e Vicki Bennet são amigos desde a adolescência. O tempo passou, Vicki casou-se e se divorciou, enquanto
Ryan se tornou um dos mais famosos jogadores de beisebol dos Estados Unidos. O contato entre os dois diminuiu, mas o
carinho e a amizade permanecem.
Até o dia em que Vicki precisa de um favor, daqueles que somente um grande amigo pode fazer: participando de um
concurso para obter uma bolsa de estudos em artes, Vicki tem de arranjar alguém para se passar por seu namorado, porque
um poderoso jurado está descaradamente tentando seduzi-la.
Ryan não negaria essa ajuda a sua amiga... Não só pelo carinho que nutre por ela, mas porque adora fazer o tipo protetor.
Agora que estão brincando de namorados, o que será que impede o lindo casal de car junto de verdade?
Uma história onde o clima de sedução vira pura eletricidade e contagia o leitor. As di culdades e os mal-entendidos da
vida real só aumentam a vontade de estar juntos. Resta saber até quando...

SOBRE A AUTORA

Bella Andre é conhecida por escrever histórias sensuais e românticas.Autora best-seller do e New York Times e do USA
Today, já vendeu quase 2 milhões de livros em todo o mundo. É conhecida por suas histórias fortes e sensuais,que descrevem
romances apaixonantes. Seus livros foram traduzidos para nove línguas e aparecem frequentemente entre os Top 10
da Amazon, Barnes & Noble, Aplle e Kobo.

15 outubro 2013

Review : O Kindle


Oi minha gente!
Essa é uma das postagens que eu mais tenho sido cobrada desde que prometi que faria e acreditem eu sempre olhava para o rascunho dela, mas acaba indo fazer outra porque tenho muita coisa atrasada por aqui.
Bom, resolvi criar vergonha na cara e escrever minhas impressões sobre o Kindkel ,espero que possa ser útil para vocês!

Resenha: 10 dias para roubar o namorado da vizinha



Autora: Janaina Rico
Editora: -
Número de páginas: 21
Ano: 2013
Avaliação☆☆☆

Sinopse: Marcele de repente descobre que está apaixonada pelo namorado da vizinha. Mas, ele vai se mudar em 10 dias. Então ela começa a correr contra o tempo! Uma história divertida, de uma menina que não mede as consequências para conquistar o homem dos seus sonhos. "Um texto hilário - Vanessa Bosso".



A história nos mostra Marcele, uma garota que acabou se “apaixonando” pelo namorado da vizinha.  Após ver sempre a vizinha falando mal do namorado no salão de beleza ela consegue ver o rapaz de perto e percebe que a mulher está sendo totalmente injusta com ele e decide roubar o rapaz para si. Mas como ela irá fazer isso??

Ela acaba descobrindo que a vizinha e o namorado vão se mudar em apenas dez dias e decide fazer de tudo para enfiar suas garrar nele, será que ela irá conseguir??
O conto é bem curtinho e li em menos de 2 minutos, são apenas 21 páginas (pelo menos é o que aparece no skoob), mas no Kindle acho que chega a ser mais ou menos isso, porém a quantidade de coisas escritas são bem poucas!

Alguns micos, desastres e situações inusitadas é o que resumi os dias de Marcele tentando conquistar o rapaz. Bom, o final não foi perfeito, mas também não vou exigir muito, pois se trata de um conto.Vale a pena dar uma conferida e dar algumas risadas. 

Book trailer : Tempestade de Areia


Eu queria compartilhar com vocês o trabalho lindo desse book trailer que prepararam do livro Tempestade de Areia.
Para quem não sabe sou uma mega fã da Karen e ela ainda é uma das autoras parceiras do blog, então além de participar da leitura critica desse livro antes de ser lançado eu ainda tenho um longo trabalho em escrever a resenha dele pois já li a versão final do livro e tenho que dizer que estou apaixonada!
Enquanto não trago resenha para vocês, fiquem com o vídeo abaixo e espero que gostem!


13 outubro 2013

Resenha: Corações feridos



Autora: Louisa Reid
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 256
Ano: 2013
Avaliação☆☆☆☆


Sinopse: Hephzibah e Rebecca são irmãs gêmeas, mas muito diferentes. Enquanto Hephzi é linda e voluntariosa, Reb sofre da Síndrome de Treacher Collins — que deformou enormemente seu rosto — e é mais cuidadosa. Apesar de suas diferenças, as garotas são como quaisquer irmãs: implicam uma com a outra, mas se amam e se defendem. E também guardam um segredo terrível como só irmãos conseguem guardar. Um segredo que esconde o que acontece quando seu pai, um religioso fanático, tranca a porta de casa. No entanto, quando a ousada Hephzibah começa a vislumbrar a possibilidade de escapar da opressão em que vive, os segredos que rondam sua família cobram-lhe um preço alto: seu trágico fim. E só Rebecca, que esteve o tempo todo ao lado da irmã, sabe a verdadeira causa de sua morte... Hephzi sonhara escapar, mas falhara. Será que Rebecca poderia encontrar, finalmente, a liberdade?

Esse livro me deixou um pouco perturbada, e pensativa. Afinal o que leva pais, biológicos ou não, a tratarem seus filhos assim?
Nossa história começa com duas irmãs gêmeas (Rebecca e Hephzi). As duas são criadas em casa até certa idade e depois de muita birra de Hephzi as duas vão frequentar a escola. Mas o que fazer quando se é criado por pais fanáticos pela religião ???

As duas não sabem se comportar no “mundo lá fora” e acabam passando por pequenas situações na escola aonde se sentem diferentes, excluídas e tentam passar como adolescentes normais (pelo menos Hephzi quer ser normal).
As duas vivem uma vida miserável, entre surras, um pai que além de ser um sacerdote na igreja é alcoólatra e vive para humilha-las. Tudo é muito difícil e sempre precisam ficar limpando a casa paroquial, e vivendo uma mentira perante tudo e todos.

Hephzi é a gêmea bonita, alegre, a filha que ele sente “quase orgulho”, que ele tenta não bater muito, a filha que ele humilha menos. Já Rebecca é a gêmea deformada que nasceu com uma síndrome que deforma e dificulta sua vida, o que é claro para seus pais é obra do demônio.
Fiquei me sentindo mal o livro todo, às vezes me sentia muito chocada com tudo, pois a descarga de sentimentos é muito grande. O livro é intercalado em cada capitulo por um relato antes e depois da morte de Hephzi, que por sinal é um verdadeiro mistério de como aconteceu.

É incrível como as pessoas que convivem com as duas, os professores, os adolescentes, os poucos parentes... ninguém, absolutamente ninguém parece ficar atento ao que acontece a elas. E a única que se importava com tudo era a avó das meninas que veio a falecer, infelizmente quando elas eram mais novas.

Vamos seguindo a trajetória das duas no decorrer do livro e a trama que vem cheia de segredos sujos vai se desenrolando. E apesar de achar o final não tão satisfatório eu tentei engolir.
Achei que muita coisa merecia um desenrolar descente, mas as coisas se desenrolaram de um jeito aceitável.

Essa foi a primeira vez que li algo da autora e gostei muito, só tenho uma reclamação a fazer: meu exemplar veio com as primeiras folhas com um defeito! Vieram todas com o canto superior direito unidas por um pedaço grande de papel, como se não houvessem cortado direito na hora de finalizar o trabalho. Por isso tive de cortar e ficou horrível, mas posso superar isso.

10 outubro 2013

Resenha: Só tenho olhos para você



Autora: Bella Andre
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 256
Ano: 2013
Avaliação: ☆☆
Sinopse: Sophie Sullivan, uma bibliotecária de São Francisco, tinha cinco anos de idade quando se apaixonou por Jake McCann. Vinte anos depois, estava convencida de que o bad boy ainda a via como a gêmea Sullivan boazinha. Isso quando ele se dava ao trabalho de olhar para ela. Ao se envolver na magia do primeiro casamento dos Sullivan, Sophie sente que já passou da hora de fazer o que quer que seja preciso para que Jake a veja como a mulher que realmente é.No entanto, ela terá dificuldade em mostrar a Jake que pode ser uma mulher forte e decidida, capaz de amá-lo para sempre. E não só porque ela é a inacessível irmã de seus melhores amigos, mas porque ele tem medo de tê-la perto demais. Na verdade, ele desconfia que seu segredo mais vergonhoso poderá ser desvendado.

Esse é o quarto livro da série dos irmãos Sullivan e tenho que dizer: foi o livro que menos gostei até agora! A história do livro começa com um casamento (de Chase e Chloe) o qual Sophie ajudou a organizar e lá está ela revendo os últimos detalhes do casamento antes de ir correndo se arrumar quando Jake aparece. Ele é o melhor amigo da família o qual Sophie sempre foi apaixonada desde criança, mas tem um, porém: ela não sabe que ele também gosta dela, mas como sempre tem algo para deixar os dois afastados.

Sophie decide depois de uma conversa nada boa com ele se arrumar mais para tentar chamar a atenção de Jake, o que dá muito certo porque ela fica maravilhosa com a ajuda da maquiadora e da cabeleireira, mas os irmãos não gostam nada disso, pois ela é a irmã boazinha (apelido da mesma) das gêmeas, ela não deveria andar daquele jeito, ela não sabe se cuidar direito e tudo mais.

Bom, ela além de chamar a atenção de Jake acaba beijando ele ou ele beijando ela (depende do ponto de vista), ai que a história realmente vai começar, pois depois disso eles passam uma única noite juntos e ele sai escondido depois de tudo no meio da noite se arrependendo pois não é o homem certo para ela e com medo do que poderá acontecer se os irmãos dela poderem descobrir o que aconteceu.
Sophie depois de dois meses acaba descobrindo algo que vai mudar sua vida daqui para frente. Ela está grávida!

Gente que loucura, depois de uma única noite com o amor da sua vida, além de usar proteção acaba ainda engravidando?? Já não era ruim o bastante ele ter fugido na madrugada e deixado ela sozinha? Ela acaba indo até Jake e contanto que está grávida e do nada ele quer uma semana para conquistar ela e mostrar a ela que eles devem se casar..oi?

Pois é, o livro vai girando em torno disso até o final. Não que eles não sejam um pouco fofos juntos, mas não gostei do andar da carruagem. O jeito como tudo foi colocado e tudo mais não me desceu a garganta. Foi bom o fato deles não terem se apaixonado da noite para o dia como nos livros anteriores com os irmãos da mesma com suas namoradas, mas é tudo muita loucura, muito desejo, muita coisa e acaba ficando meio sem graça.

E caramba todo mundo muito protetor com a Sophie, não deixava ela respirar, ela é a gêmea boazinha, ela não sabe se cuidar, ela não pode isso, não pode aquilo, vou matar quem olhar para a minha irmã... enquanto a outra o pessoal não liga tanto porque é a irmã mazinha.
Achei que o livro poderia ser melhor e estou pensando seriamente em parar de ler a serie dos Sullivan, mas ainda tenho mais um livro aqui e vou ler ele, depois vamos ver se quero ou não continuar com a serie.

Editora Biruta lança: Formigossauros

Um meteoro mudou de vez a vida dos animais do circo. Ninguém sabe como, mas depois da sua queda os animais ganharam superpoderes... O time dessas superferas é composto por Leone, o leão que ganhou superforça; Doçura, a crocodilo que é capaz de ficar invisível e se teletransportar; Ágata, a leopardo que é superveloz; Tonel, o elefante que move objetos com a força da mente; e Hip e Hop, uma dupla de macacos superflexíveis.
Mas a radiação afetou também um formigueiro próximo ao circo, e formigas gigantes saíram de suas crateras! E elas têm um plano para dominar o mundo...
Esse é o enredo de Formigossauros, lançamento da Editora Biruta. Escrito por Joaquin Londáiz e ilustrado por Escletxa, a história traz uma aventura cheia de mistérios e um pouquinho de confusão.
Donos de personalidades marcantes e bem-humoradas, as superferas se unem para deter os formigossauros. Não vai ser nada fácil, mas eles contam com a ajuda de Toni, um menino que trabalha no circo. Uma verdadeira amizade nasce entre todos, à medida que eles aprendem a superar as suas diferenças. Vamos mergulhar nessa aventura e conhecer as superferas?

Formigossauros, Joaquin Londáiz, ilustrações Escletxa, R$ 35, a partir de 9 anos

Sobre o autor
Joaquin Londáiz nasceu em Madri, em 1979. É formado em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Comillas e já publicou mais de 15 livros.

Sobre a Editora Biruta
A Editora Biruta, criada no ano de 2000 pelas sócias Eny Maia e Mônica Maluf, tem seu foco na Literatura Infantil e Juvenil. Os seus livros já receberam diversos prêmios, como o Altamente Recomendável da FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil) e o Jabuti, além de terem sido incluídos em catálogos internacionais e selecionados pelo PNBE (Programa Nacional de Bibliotecas Escolares). A proposta da Editora Biruta é a de oferecer aos seus leitores o melhor texto, ilustrações criativas e projetos gráficos instigantes, por meio de temas que lhes acrescentem novas vivências e se abram a múltiplas interpretações – sempre de maneira lúdica e inventiva.

Editora Biruta em: Jerônimo Totes e suas estranhas mascotes

Jerônimo Totes e suas estranhas mascotes
Em Jerônimo Totes e suas estranhas mascotes, livro de M.P. Robertson, o mais novo lançamento da Editora Biruta, conhecemos Jerônimo, um menino comum. A não ser, é claro, pelas estranhíssimas mascotes que ele tem em seu jardim.
Alguém já ouviu falar de Glube, o Babopótamo, uma lesma enorme que baba sem parar? De Chiante, o pássaro gigante, que é o bicho mais barulhento que já se viu? E de Dragonento, o rinocerossapo com dentes de sabre, que é muito, muito guloso?
Com certeza não. Mas Jerônimo não só os conhece e cuida muito bem de todos, como ainda diz conhecer alguém que baba mais que Glube, é mais barulhento que Chiante e mais guloso que Dragonento. Ficaram curiosos para saber quem é?
Essa é uma história que traz misturas bem estranhas de animais, despertando a imaginação dos pequenos leitores. De maneira bem-humorada e com ilustrações coloridas e inventivas, o livro convida as crianças a criarem suas próprias mascotes.
E a Editora Biruta, o Babopótamo, o Chiante e o Droganento convidam o leitor a conhecer esse mundo fantástico do Jerônimo!

Jerônimo Totes e suas estranhas mascotes, M.P. Robertson, R$ 29, a partir de 5 anos.

Sobre o autor e ilustrador
M.P. Robertson estudou Design Gráfico na Universidade de Kingston. Desde 1988 trabalha como ilustrador especializado em livros infantis. A Editora Biruta já publicou sua série Aventuras de Dragão, com os livros Meu Filhote de DragãoO Incrível Resgate do DragãoLadrão de Dragões e O Dragão e a Dupla Insuportável.

Sobre a Editora Biruta
A Editora Biruta, criada no ano de 2000 pelas sócias Eny Maia e Mônica Maluf, tem seu foco na Literatura Infantil e Juvenil. Os seus livros já receberam diversos prêmios, como o Altamente Recomendável da FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil) e o Jabuti, além de terem sido incluídos em catálogos internacionais e selecionados pelo PNBE (Programa Nacional de Bibliotecas Escolares). A proposta da Editora Biruta é a de oferecer aos seus leitores o melhor texto, ilustrações criativas e projetos gráficos instigantes, por meio de temas que lhes acrescentem novas vivências e se abram a múltiplas interpretações – sempre de maneira lúdica e inventiva.

09 outubro 2013

Ilustrações com Haruki Godo

Eu estava pesquisando ilustrações para trazer a vocês e acabei topando com uma postagem no blog Café da Kami, e achei que iriam gostar. Então todos os créditos de ideia da postagem a Kamile, dona do blog Café da Kami!
A artista de hoje se chama: Haruki Godo. Ela teve a ideia de desenhar princesas (e não princesas) da disney vestindo roupas masculinas (para ser mais especifica, dos príncipes/ não príncipes).
O que eu achei bem criativo, e fiquei apaixonada pela Ariel (para quem não sabe eu amo ela).
Bom, chega de enrolação e fiquem com as ilustrações!

E ai gente, o que vocês acharam?? Me digam quais gostaram mais!


04 outubro 2013

Resenha: Olho por Olho



Autoras: Jenny Han, Siobhan Vivian
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 320
Ano: 2013
Avaliação: ☆☆☆☆

Sinopse: Alguma vez você já quis realmente se vingar de alguém que a ofendeu? Talvez uma ex-amiga que a apunhalou pelas costas, ou um namorado traidor, ou um estúpido da escola que a humilhou desde que você era pequena… Alguma vez você já sonhou em envergonhá-lo na frente de todos? E, então, alguma vez você se uniu com outras duas pessoas para criar um elaborado esquema de destruição e revanche? A maior parte de nós não pode dizer que sim a todas essas perguntas (felizmente). Mas, certamente, todos nós somos capazes de nos identificar com muitos dos sentimentos de Kat, Lillia e Mary em Olho por Olho… No entanto, de um exercício de malícia, de uma simples brincadeira adolescente, o jogo do “aqui se faz, aqui se paga” poderá assumir proporções trágicas, em que até mesmo as leis da natureza vão se dispor, misteriosamente, a acalmar os corações ofendidos. Deixe-se levar por uma genuína história sobre o certo e o errado, o justo e o injustificável e procure entender — se possível — os verdadeiros motivos que transformaram estas três meninas. Dramático, honesto e fascinante, este é um livro que ultrapassa todas as expectativas!

Nossa história começa quando conhecemos três garotas (Kat, Lilia e Mary), cada uma tem sua história com momentos bons e alguns traumas. A vida nem sempre é fácil quando se é jovem e esse livro mostra que o mau feito para alguém pode voltar de volta para você muito pior.
No começo vemos cada história separada e ir se fundindo aos poucos, cada capítulo tem a perspectiva de um personagem e inicia com o nome de uma das três personagens principais para que o leitor tenha uma ideia sobre o ponto de vista que será colocado no capítulo.

A história se passa atualmente na ilha Jar, dividindo em alguns momentos dependendo do tempo (época) em outras cidades.
Todas as meninas tem um objetivo em comum e adivinhem qual é? Vingança! Querem vingança contra aqueles que estragaram suas vidas, mas quem são os alvos?? Alex Lindy (ele tem um "problema mal resolvido" com duas das meninas que querem a vingança) um jogador de futebol que vive escrevendo em um caderno que ninguém nunca leu, é um dos melhores amigos de Reevie que também é jogador de futebol (e além de tudo é um rapaz com um caráter péssimo) e temos Rennie, uma garota que está em um relacionamento enrolado com Reevie, é animadora de torcida é uma mentirosa/nojenta de primeira!

Confesso que em alguns momentos eu não sabia se torcia contra ou a favor de Alex, ele ainda é um verdadeiro mistério para mim. Inclusive foi o primeiro da lista para ser o alvo da vingança.
Mary é uma das vingativas. Ela é voltou novamente para a ilha e está morando com sua tia, teve muitos problemas quando era mais nova e acabou ficando em uma situação bem difícil. Inclusive tem um ponto nela que pareceu meio sobrenatural com pequenos acontecimentos que me incomodou um pouco, afinal de livro adolescente estava virando fantasia de uma hora para outra, mas nada de tão gritante que incomode muita gente, mas a mim incomodou.

Kat, minha personagem preferida. Ela é ex amiga de Lilia e de Rennie, porém por muitos problemas acabou se afastando das duas e todos eles se resumem a Rennie (odeio ela), e é o tipo de garota que você não quer ter como inimiga.
Temos Lilia, uma jovem asiática, que além de rica é um amor de pessoa. Ela sempre quis juntar as duas amigas depois de uma briga quando eram mais novas (Kat e Rennie), mas nunca conseguiu. Hoje em dia é animadora de torcida e tenta cuidar de sua irmã mais nova Nadia.
Esse livro tem uma história cheia de reviravoltas, uma hora você torce para alguém, outra hora está odiando a pessoa!

Uma leitura bem viciante, e diagramação simples, capa bonita, e não achei nenhum erro ortográfico durante a leitura.
Gostei dele como um todo, mas o final me deixou meio que em um ponto cego. Porque acabou no meio de algo bem sério, e não soube se aconteceu ou não o pior...
É uma leitura que eu recomendo, mas vá com calma e prestando atenção nos detalhes, para não deixar escapar nada!